ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, TERÇA  25    CAMPO GRANDE 27º

Diversão

Escolas da Capital amargam prejuízo com chuva e agora têm trabalho extra

Por Nadyenka Castro e Francisco Júnior | 18/02/2012 13:30

O primeiro dia de desfiles em Campo Grande foi cancelado por causa dos danos aos carros e às fantasias

Chuva danificou carros alegóricos e adiou os desfiles da primeira noite. (Foto: Simão Nogueira)
Chuva danificou carros alegóricos e adiou os desfiles da primeira noite. (Foto: Simão Nogueira)

Por causa do temporal que caiu sobre Campo Grande na tarde dessa sexta-feira, as quatro escolas de samba que iriam desfilar na primeira noite de Carnaval ‘ganharam’ prejuízo e trabalho extra. “Todas as escolas tiveram prejuízo”, afirma Eduardo de Souza Neto, presidente da Liga das Escolas de Samba de Campo Grande.

Eduardo explica que por causa da chuva e do vendaval, carros alegóricos e fantasias foram danificados e por isso o desfile precisou ser adiado para domingo, a partir das 19h30min, no mesmo local: a Praça do Papa.

Agora, os integrantes das escolas Estação Primeira do Taquarussu, Unidos do Aero Rancho, Catedráticos do Samba e Vila Carvalho correm para deixar tudo em ordem para amanhã.

Elvis Buqueiro, presidente da Catedráticos do Samba, fala que o temporal danificou quatro carros alegóricos, sendo que o abre-alas ficou mais danificado. Neste carro havia uma águia feita em papelão.

Segundo Elvis, o prejuízo está estimado em R$ 8 mil e foi montada uma força-tarefa que trabalha desde ontem para consertar os estragos. “Até a hora do desfile estará tudo certo”, declara. A escola é a penúltima a entrar na passarela do samba.

Integrantes da Vila Carvalho contam que apesar de estarem ocupando um espaço coberto nas proximidades da Praça do Papa, a chuva danificou o carro alegórico em homenagem ao empresário Ueze Zahran, cujos adereços eram em isopor. O prejuízo é de R$ 3 mil.

Eduardo diz que a Liga também teve prejuízos. “Entre R$ 5 e R$ 6 mil”, fala.

O desfile deste sábado está mantido, a partir das 19h30min, na Praça do Papa.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário