ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  10    CAMPO GRANDE 16º

Diversão

Escolas fazem arraiá solidário em live com direito a cestas juninas delivery

Arraiá será das 16h às 21h30 pelo Youtube

Por Paula Maciulevicius Brasil | 27/06/2020 09:30
Eduardo se preparava para a quadrilha nos ensaios da aula de Educação Física, e em casa, está à espera de começar a festa. (Foto: Arquivo Pessoal)
Eduardo se preparava para a quadrilha nos ensaios da aula de Educação Física, e em casa, está à espera de começar a festa. (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma das escolas mais tradicionais em fazer festa junina fechando rua, a Máxima, substituiu o arraiá presencial pelo on-line. Neste sábado, até as barracas de comida que sempre tiveram um cunho solidário, se tornaram cestas juninas que serão entregues em casa, via aplicativo.

Depois de integrar a rede Nota 10, o arraiá inclui outras escolas não só de Campo Grande, como de Dourados e Maracaju. A festa será uma live das 16h às 21h30, quem estiver online poderá conferir: interação entre apresentadores e público, divulgação de vencedores dos concursos, DJ com músicas típicas, quadrilhas online, apresentações musicais com professores, reprodução de vídeos e fotos enviadas na hora pelos alunos e divulgação das instituições sociais participantes.

Como as aulas vinham sendo feitas on-line, arraiá também será assim.
Como as aulas vinham sendo feitas on-line, arraiá também será assim.

Durante o arraiá, serão divulgados serviços de delivery parceiros da festa, todas cestas juninas com as guloseimas típicas. Parte dos recursos arrecadados com as vendas serão doados para: AACC/MS, Instituto Amigos do Coração, Casa da Criança Peniel e Atos de Amor - em Campo Grande; Pestalozzi - em Dourados; APAE - em Maracaju.

A festa junina ainda terá concursos de melhor máscara caseira criativa, melhor paródia com música temática, melhor coreografia dos alunos, coordenadores, professores e funcionários.

Preparativos - As crianças já vinham se preparando nas aulas mesmo. Eduardo, de 8 anos, que está no 3º ano, por exemplo, já se vestia de "caipira" nas aulas de Educação Física. Em casa, mesmo tendo bandeirinhas - confeccionadas na aula de Artes -, ele já ensaiava os passos da quadrilha on-line. E não só ele estava todo vestidinho, como os colegas também. De trancinhas, maquiagem, e roupas características de festas de São João.

Este ano, a pandemia tirou a festa junina da rua e trouxe para a internet, onde famílias vão poder conferir o arraial da sala de casa. "Gostamos da festa por conto encanto, pela tradição e por aquilo que ela representa na nossa cultura. A gente sempre gosta do ambiente da festa, a quadrilha, as barracas, é uma festa que toda a família participa", fala a mãe de Eduardo, a professora universitária Lilian Milena.

O arraiá on-line começa 16h, nos canais oficiais da rede Nota 10, pelo Youtube, Facebook e Instagram.

Famílias prepararam todo o cenário para a dança oficial da quadrilha. (Foto: Arquivo Pessoal)
Famílias prepararam todo o cenário para a dança oficial da quadrilha. (Foto: Arquivo Pessoal)