ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  24    CAMPO GRANDE 24º

Diversão

Patrocinadores de Corumbá viabilizaram 10% de custos de escola de samba do Rio

Por Ângela Kempfer | 23/02/2012 17:18
Patrocinadores de Corumbá viabilizaram 10% de custos de escola de samba do Rio

A prefeitura de Corumbá garante que não investiu um centavo no carnaval da Inocentes do Belford Roxo, escola carioca campeã do grupo de acesso do Rio de Janeiro, com o enredo sobre a cidade pantaneira. Mas o Município ajudou, diz o prefeito Ruiter Cunha (PT).

Ele conta que empresas locais patrocinaram a agremiação, a pedido da prefeitura. “Juntas deram 180 mil reais”, detalha, sem divulgar os nomes de tais apoiadoras.

O prefeito lembra ter defendido o repasse de verbas públicas para a escola, mas “foi voto vencido” durante as discussões e por isso só buscou parcerias.

O auxílio representou 10% do valor oficial gasto em alegorias e fantasias. A Belford Roxo anunciou custo de R$ 1,8 milhão neste Carnaval, mas há rumores de que o valor chegou a R$ 2,5 milhões.

Em entrevistas depois da vitória, o carnavalesco Wagner Gonçalves agradeceu o patrocínio recebido de Corumbá, considerado determinante para o título. “A escola ganhou um gás. A gente conseguiu colocar as alegorias e fantasias mais suntuosas. Isso alegrou a comunidade”, declarou.

A vitória é comemorada pela repercussão do enredo, mas Ruiter avalia: “Corumbá capitalizaria mesmo que não tivesse vencido”.

Em comparação a outra experiência em carnavais cariocas, quando a Salgueiro homenageou Mato Grosso do Sul, a diferença desta vez foi o refrão.

“Na Salgueiro a letra não falava muito de Mato Grosso do Sul. No caso de Corumbá foi o contrário”. A propaganda vingou com louvor, analisa o prefeito, pelo samba que repetia “Sou Corumbá”, na Marques de Sapucai.

Outro ponto comemorado no enredo foi a divulgação de outras festas, além do Carnaval, como o tradicional São João corumbaense e também ajudar a acabar com confusões que prejudicam o turismo no Estado, como a troca pelo Mato Grosso. “Muita gente ficou interessada em Corumbá e foi pesquisar e ver que fica em Mato Grosso do Sul”.

O desafio agora é definir junto à área técnica da administração municipal como usar a vitória no Rio de Janeiro no material de divulgação de Corumbá aos turistas brasileiros.

Como não haverá desfile das campeãs do grupo de acesso, Corumbá também terá de descobrir uma forma de agradecer tamanha publicidade. “Acho que vamos trazer a escola para fazer uma homenagem”, diz Ruiter.

Comissão de frente foi um dos maiores destaques da escola carioca.
Comissão de frente foi um dos maiores destaques da escola carioca.
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário