ACOMPANHE-NOS    
MAIO, TERÇA  24    CAMPO GRANDE 28º

Moda

Estilistas de Campo Grande fazem desfile com peças a partir de R$ 20,00

Por Anny Malagolini | 10/12/2013 06:19
Vestido da grife "Zaraflor"
Vestido da grife "Zaraflor"

Os trabalhos de estilistas campo-grandenses vão ganhar a passarela no Armazém Cultural, de 12 a 15 de dezembro. Serão quinze grifes com criações locais, de roupas a acessórios, com preços a partir de R$ 20,00.

Sempre empenhado em organizar os eventos de moda na cidade, o estilista Fábio Maurício, de 28 anos, do “Estúdio Vespa”, criou a feira “Bocaiuva”. “Como não tem moda em Campo Grande, não tem essa cultura, como estamos iniciando, temos que nos unir e fazer a coisa dar certo”, explica.

Fábio também vai apresentar a nova coleção, inspirada na Índia, com figuras que lembram o País. São roupas para a noite, saídas de praia e biquínis com imagens de deusas indianas. “Não vai ser um desfile à fantasia e sim de roupas usuais”, explica a aqueles que ainda acreditam que as roupas de um desfile de moda não cabem no dia-a-dia.

No caso dele, as peças custam a partir de R$ 70 e o valor mais alto não passa dos R$ 200,00.

Vestido criado por Fábio Maurício (Foto: João Garrigó)
Vestido criado por Fábio Maurício (Foto: João Garrigó)

Uma das grifes que vão aparecer no evento é a “Chose Brechó”, mas que de roupas usadas não tem quase nada. A marca é resultado da mistura da experiência do estilista Douglas Sanabria, com o conhecimento musical do DJ Mario Francis.

Mario conta que nunca teve nenhuma relação com moda, a não ser o bom gosto e o interesse por customização. Mas há 4 meses, conheceu Douglas e os resolveram inventar. “A ideia é fundir a alta costura com ideias criativas”.

Ele conta que a criação acontece com os dois ouvindo música e, conforme a melodia, as peças vão surgindo. “Criamos ouvindo de tudo um pouco. "Com a música eletrônica, a tendência é criar peças com tarrachas, moda alternativa, produção para noite”, comenta.

Douglas se formou em moda em Madrid e de volta a Campo Grande encarou o novo conceito. Ele cria para mulheres mas também fala sobre as produções a partir de matérias primas normalmente usadas em roupas femininas, como renda francesa, cristais swarovski e pérolas, para confeccionar roupas masculinas e de alta custura.

Além de confeccionarem, eles também customizam peças já usadas. “O foco é fazer o vintage com toque moderno”, comenta. Os acessórios como pulseiras e colares custam a partir de R$ 20,00.

Tudo é feito na casa de Douglas e como eles ainda não possuem um ateliê, a grife ganhou uma página no Facebook para quem quiser fazer pedidos. Para março, está previsto o lançamento de uma loja virtual.

Também participam do evento as marcas Ateliê Katia Anffe, Capela Fashion, Clayton Ambrosio, Cósmica Camisetas,
Cru Customização, Devaneios de Gabi, Eliana Flores, Ester Flores, Lu Kreutzer, Maria Di Q?, Sandra Padilha, Touché Camisetas e Zaraflor.

O Armazém fica na rua Calógeras, 3.110. Os desfiles vão começar todos os dias ás 16 horas.

Nos siga no Google Notícias