ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 24º

Sabor

Happy hour resiste com sanduba de coração e torre de batata "monstra"

Além de petiscos e bebidas não tão convencionais para o happy hour, como iscas de jacaré e a famosa torre de chopp de vinho tinto

Por Raul Delvizio | 17/10/2020 07:15
Petiscaria e choperia também tem música ao vivo para público fiel (Foto: Reprodução/Facebook)
Petiscaria e choperia também tem música ao vivo para público fiel (Foto: Reprodução/Facebook)

Lá na Vila Planalto, a choperia Imperial foi uma das poucas sobreviventes na região enquanto opção noturna para os campo-grandenses. Mas foi com muita "fé e ousadia" – lema criado pelo casal de evangélicos e proprietários Michel e Jackeline – que conseguiram permanecer de pé. E claro que, pela forte divulgação nas redes sociais, os petiscos não tradicionais que o lugar oferece deram uma "ajuda de Deus".

A parte da fé é fácil de entender, mas por que ousadia? As ofertas e promoções são bem humoradas, como o combo em dobro "Chora não Suita", em referência à separação entre o cantor sertanejo Gusttavo Lima e sua ex-mulher Andressa Suita. "E com entrega delivery, mas lembrando que tudo pode acabar do nada", brinca a publicação.

Já para 4 ou 5 pessoas, tem opção da torre de batata serve 4-5 pessoas, por R$ 64,90. Leva bacon, calabresa, cheddar, requeijão, muçarela – enfim, é melhor não pensar na sua dieta.

"E presenteamos ao aniversariante do dia uma versão individual. É tão procurado que o pessoal já até marcado reserva para ganhar o seu", comenta o dono Michel de Oliveira Córdoba. Em média, são 15 "niver" por semana.

Torre de batata "monstra" serve de 4 a 5 pessoas (Foto: Reprodução/Facebook)
Torre de batata "monstra" serve de 4 a 5 pessoas (Foto: Reprodução/Facebook)
Aqui aberto, o lanche de coração de galinha é prensado na hora (Foto: Reprodução/Facebook)
Aqui aberto, o lanche de coração de galinha é prensado na hora (Foto: Reprodução/Facebook)

Ainda, o lanche prensado de coração de galinha, por R$ 16, pode até ser inusitado, mas o povo adora. "É como fosse uma versão de x-salada, mas com vários de pedaços de coração de galinha. É bem regional no Sul. Dá uma refeição legal, e a pessoa sai satisfeita".

Por também se tratar de uma choperia, lá tem de variedade de pilsen à IPA. Mas que tal optar desta vez pela torre de chopp de vinho tinto? Segundo Michel, o sabor é mais adocicado, de 1 até 2,5 litros à escolha do cliente (2 litros sai por R$ 54). Também pode pedir a bebida "diferentona" na versão reduzida, na caneca gelada. Já para as crianças, tem torre com suco de laranja ou refrigerante.

Caso cerveja não seja do seu agrado, tem "canecão" caipirinha ou caipiroska, isso por R$ 29,90. O sabor limão pode até ser tradicional, mas a quantidade não: 1 litro de drink.

Tradicional de limão, 1 litro de capirinha ou caipiroska no copo ou caneca (Foto: Reprodução/Facebook)
Tradicional de limão, 1 litro de capirinha ou caipiroska no copo ou caneca (Foto: Reprodução/Facebook)
Vai aí opção de chopp pilsen ou de vinho tinto? (Foto: Reprodução/Facebook)
Vai aí opção de chopp pilsen ou de vinho tinto? (Foto: Reprodução/Facebook)

"Aqui é para a pessoa sentar, ouvir uma música ao vivo, tomar seu choppinho e curtir um pouco, mesmo com essa pandemia toda. Fazemos tudo certinho, respeitando os limites de horário da prefeitura e obedecendo os protocolos da covid", explicou.

A capacidade do espaço seria para em torno de 100 pessoas, mas por causa da distribuição distanciada das mesas, houve redução no assento. Porém, conforme Michel, a fidelização do público é verdadeira – com até fila de espera para entrar na choperia.

"A gente cresceu bastante na pandemia. Ficamos cerca de 35 dias parados, mas aí depois que liberou da quarentena, o público não parou de vir. Num primeiro momento em menor quantidade, e agora e cada vez mais está normalizando".

Com fé em Deus, Casal Michel e Jackeline são os donos "ousados" do estabelecimento (Foto: Arquivo Pessoal)
Com fé em Deus, Casal Michel e Jackeline são os donos "ousados" do estabelecimento (Foto: Arquivo Pessoal)

Pontapé – Natural do interior do Estado de São Paulo – ele de Primavera e ela de Atibaia –, o casal estava desempregado e "na pior" quando surgiu a oportunidade de adquirir o quiosque no Shopping Estação, que fica ao lado do Camelódromo. Isso no início de 2017.

"No final do ano, já tínhamos capital para abrir o nosso primeiro restaurante no mesmo endereço. Já o bar da Tamandaré aconteceu em novembro do ano passado. A gente mora bem próximo dali, e vimos um espaço bom disponível para aluguel. Aí resolvemos apostar também no horário noturno. Deu certo", comentou.

A Petiscaria e Choperia Imperial fica na avenida Tamandaré, 263, na Vila Planalto.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário