ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 23º

Sabor

Sobremesa é feita com kefir, mas sem qualquer resquício de azedo

Iogurte e mousses são feitos todos com kefir, mas sem o típico azedo que muitos torcem o nariz

Por Bárbara Cavalcanti | 04/06/2021 06:15
Amanda Hildebrand idealizou as receitas. Os sabores na mesa são frutas vermelhas e maracujá. (Foto: Kísie Aionã)
Amanda Hildebrand idealizou as receitas. Os sabores na mesa são frutas vermelhas e maracujá. (Foto: Kísie Aionã)

Quem conhece o kefir sabe que ele tem um gosto bem característico azedo e há quem nem aguente o gosto da fermentação. Mas os iogurtes e sobremesas feitas por Amanda Hildebrandt, do Bendito Kefir, não têm qualquer resquício de azedo. Apenas os paladares mais aguçados e que já não provam açúcar há um bom tempo conseguem distinguir.

“Eu tenho uma técnica de fermentação específica para tirar o azedo sem perder os benefícios do kefir. Foram muitos experimentos até chegar no tempo certo de fermentação para que não ficasse azedo, várias tentativas até chegar nos pontos e sabores certos”, explica Amanda.

O kefir caseiro de Amanda tem a textura bem mais espessa e cremosa que os encontrados em supermercado. Todas as receitas são feitas com base de kefir feito no leite. E o Lado B precisou ver para acreditar: em tudo, tudo mesmo, vai o kefir, mesmo que o gosto seja todo doce, sem nem gostinho residual azedo.

Leite de kefir é coado para fazer a base para as sobremesas. (Foto: Kísie Aionã)
Leite de kefir é coado para fazer a base para as sobremesas. (Foto: Kísie Aionã)

As sobremesas têm com ingredientes como leite ninho, chocolate com côco, maracujá, morango ou frutas vermelhas, além de outras frutas sem adição de açúcar refinado. Os sabores incluem "Petit Suisse" de danoninho de morango, ninho ou de chocolate; mousse de maracujá ou chocolate; pudim de ameixa, morango ou abacaxi; "Manjar dos Deuses", de ameixa ou morango; e "Casadinho", de ninho com chocolate, morango com ninho ou cholate com ninho.

E Amanda utiliza dois tipos de adoçantes naturais diferentes, o Xilitol e o Eritritol. “O kefir é um probiótico, uma bactéria boa, então utilizar açúcar refinado acaba matando. Por isso a importância do adoçante natural. Tem alguns recomendados por nutricionistas, mas os que funcionaram melhor foram esses”, detalha.

A ideia veio quando a própria Amanda entrou em um desafio de emagrecimento de uma nutricionista. “A Ana Paula Martone, da Cozinha Proteica, lançou um desafio para um grupo para emagrecer saudável, comendo certinho e fazendo exercício. Eu entrei por indicação de uma amiga, pois queria emagrecer. Só que eu introduzi também o kefir na minha dieta e consegui perder bastante gordura corporal e ganhar o desafio”, lembra.

Amanda com seu kefir fermentado em uma técnica especial que não deixa gosto azedo. (Foto: Kísie Aionã)
Amanda com seu kefir fermentado em uma técnica especial que não deixa gosto azedo. (Foto: Kísie Aionã)

Ela até começou a fazer faculdade de nutrição, mas acabou trancando depois de pouco tempo para se dedicar em tempo integral à criação dos filhos. Foram seis meses depois de ter trancado o curso, em 2017, que surgiu o desafio e por consequência as experimentações com o kefir. E foi aí que Amanda se apaixonou pelo produto. “Só que eu fiquei aqui refletindo sobre porque comida saudável também não pode ser doce", explica.

Agora, Amanda começou a vender os potinhos, sem timidez e sem se acanhar com a concorrência. “De início eu nem estava pensando em comercializar. Eu levei lá para a Paula experimentar porque eu tinha feito muito. Só então que eu comecei a vender lá pelo Cozinha Proteica. Mas agora também já estou fazendo em maiores quantidades”, revela.

Encomendas podem ser feitas direto com a Amanda no telefone (67) 99911-4148.

Sobremesa de leite ninho a base de kefir feito por Amanda. (Foto: Kísie Aionã)
Sobremesa de leite ninho a base de kefir feito por Amanda. (Foto: Kísie Aionã)

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário