ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 25º

Meio Ambiente

Corpo de Bombeiros diz que solo raso da Capital facilita quedas de árvores

Nesta manhã militares atenderam duas ocorrências de quedas de árvores. Bombeiros diz que é um fator natural.

Por Mirian Machado | 25/01/2019 12:20
Árvore destruiu parte do muro entre casas no Estrela do Sul (Foto: Mirian Machado)
Árvore destruiu parte do muro entre casas no Estrela do Sul (Foto: Mirian Machado)

Árvore caiu sobre o muro de uma casa no bairro Estrela do Sul, região norte da Capital. Equipe do Corpo de Bombeiros foi até a residência nesta manhã (25) para fazer o corte, o segundo, nesta manhã pós-chuva em Campo Grande. A primeira queda do dia foi registrada no Bairro Cerejeiras.

Conforme a moradora Paulina Rosa, supervisora escolar de 49 anos, a árvore, uma flamboyant de 4 metros caiu com a ventania e a chuva de quinta-feira (24). “Eu estava em casa com a minha filha. Quando escutei o barulho achei que era granizo, mas depois vi que era a árvore”, conta, detalhando que mora no local há quatro meses.

Com a queda, a árvore que está no quintal da casa danificou o muro. Os militares foram ao local e com a ajuda de um motosserra cortaram o tronco.

O sargento do Corpo de Bombeiros, Luciano Leite explicou que o solo raso impede raízes mais profundas, uma característica de Campo Grande. Isso ajuda para a queda das árvores. “As árvores têm as copas muito grandes, muitos galhos e quando chove elas pesam mais ainda, mas é algo natural não tem muito que fazer”, conta.

Ele ainda afirmou que a Energisa faz um trabalho preventivo com as podas das árvores, inclusive na questão das fiações e o Corpo de Bombeiros atua nos danos, fazendo o corte.

Mas lembra de que a corporação também realiza vistoria para saber o risco que a planta oferece, mas que ela só será cortada pelos bombeiros quando oferece risco. “Se a planta não oferece risco e está dentro do quintal da residência, o corte é particular, o proprietário deve contratar o serviço. Se ela não oferece risco e está do lado de fora, deve ser feito um pedido junto à prefeitura”, explica.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário