ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 17º

Meio Ambiente

Dono de rancho é preso com carne de animal silvestre e várias armas sem registro

Por Helton Verão | 21/10/2012 22:01
Carne de animal silvestre, armas e pescado acima de medida foram apreendidos e proprietário preso (Foto: Divulgação PMA)
Carne de animal silvestre, armas e pescado acima de medida foram apreendidos e proprietário preso (Foto: Divulgação PMA)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Bonito e Jardim (MS) divulgou o balanço do final de semana. Um comerciante foi flagrado caçando e pescando e foi preso em flagrante.

Residente em Camanducaia, interior de Minas Gerais, ele era dono de um rancho onde foi encontrado na varanda três partes de carne de animal silvestre, aparentando ser de capivara. Será realizada perícia para a identificação.

Com autorização do proprietário foi feita busca no rancho e foram encontradas quatro espingardas sem registro, além de diversos petrechos proibidos para a pesca, cinco tarrafas, sete redes de pesca, uma Espinhel e 28 anzóis de galho (petrechos proibidos).

Em um frízer ainda foram encontrados 15 kg de pescado que infrator havia capturado, sendo vários exemplares fora da medida permitida pela legislação. Todo o material foi apreendido.

O caçador recebeu voz de prisão e foi conduzido juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Porto Murtinho, onde ele foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma e pesca predatória. A pena para cada crime é de um a três anos de detenção.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário