ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 25º

Meio Ambiente

Já choveu 50% do esperado para o mês e prepare-se: vem mais por aí

Nos primeiros 6 dias, já choveu 119,02 mm (milímetros), ou seja, mais da metade do esperado para todo o mês

Por Viviane Oliveira | 06/12/2023 08:49
Pedestres dividindo um guarda-chuva para escapar da chuva, no Bairro Tiradentes (Foto: Juliano Almeida)
Pedestres dividindo um guarda-chuva para escapar da chuva, no Bairro Tiradentes (Foto: Juliano Almeida)

Em Campo Grande, nos primeiros seis dias de dezembro, já choveu 119,02 mm (milímetros), ou seja, mais da metade do esperado para todo o mês que são de 229 mm. “Tudo indica que esse volume vai ultrapassar. Ainda vem muita chuva”,  disse o meteorologista Natálio Abrahão.

Conforme o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), o tempo segue instável nos próximos dias em razão da aproximação de uma nova frente fria. Além disso, a passagem de cavados e atuação de áreas de baixa pressão atmosférica favorecem a formação de nuvens e chuvas, com maior destaque entre o período da tarde e da noite.

São esperadas chuvas e tempestades acompanhadas de raios, rajadas de vento e queda de granizo, principalmente para as regiões sul (Ponta Porã), sudoeste (Porto Murtinho) e leste (Anaurilândia) do Estado.

Chuva forte registrada no período da tarde de ontem na Avenida Afonso Pena (Foto: Juliano Almeida)
Chuva forte registrada no período da tarde de ontem na Avenida Afonso Pena (Foto: Juliano Almeida)

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) renovou alerta de chuvas intensas para 65 dos 79 municípios com precipitação de até 50 mm (milímetros) por dia e ventos intensos de 40 a 60 km/h. Há possibilidade de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

O meteorologista Olívio Bahia explicou que as chuvas devem ser intensas em pouco intervalo de tempo. Às vezes o volume não é tão grande, por exemplo, se chover 10 milímetros em 5 minutos pode causar muitos estragos, diferente se chover o dia inteiro, mas de forma distribuída. “Estamos caminhando para o verão, período de muita chuva mesmo. Choveu pouco em outubro e novembro, começou a chover basicamente agora”.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias