A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

01/01/2018 16:09

Programa ambiental atendeu mais de 40 mil alunos em 16 cidades de MS

Projeto que tem a supervisão de policiais ambientais atuam em escolas públicas e privadas

Leonardo Rocha
Programa Florestinha ocorre em diferentes cidades do Estado (Foto: Divulgação - PMA)Programa Florestinha ocorre em diferentes cidades do Estado (Foto: Divulgação - PMA)

O Programa de educação ambiental, chamado "Florestinha", conseguiu atendeu no ano passado, 40.712 alunos de 102 escolas públicas e privadas em 16 municípios do Estado. A expansão das atividade foi quase o dobro de 2016 e a expectativa é ampliar para este novo ano.

De acordo com a direção do programa, foram 11.862 alunos da Capital e do interior em 2015, subindo depois para 21.705 em 2016. São 10 equipes, das duas unidades de Campo Grande, que fazem o trabalho na cidade e no interior.

O grupo de trabalho atuou nas escolas particulares e públicas das cidades de Campo Grande, Rio Brilhante, Três Lagoas, Ladário, Corumbá, Iguatemi, Rochedo, Água Clara, Camapuã, Terenos, Juti, Bandeirantes, Rochedo, Sidrolândia, São Gabriel do Oeste e Ribas do Rio Pardo.

O programa tem a intenção de envolver os estudantes em discussões sobre temas ambientais, com a devida supervisão de policiais miliatres ambientais. São feitas oficinas, palestras e atividades de uma maneira "não formal", também requisitando aos professores que continuem o ensino nas salas de aula sobre o tema.

Entre as oficinas disponíveis está a reciclagem de papel, visitação de museus de animais, apresentação de teatro de fantoches, montagem artificial do ciclo da água, além de diversas palestras sobre temas que tratam do meio ambiente.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions