A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

20/10/2014 06:07

Aécio está 14 pontos à frente de Dilma Roussef em Mato Grosso do Sul

Aline dos Santos
Aécio tem 57,09% dos votos válidos, diz pesquisa.  (Foto: Marcos Fernandes/ Coligação Muda Brasil)Aécio tem 57,09% dos votos válidos, diz pesquisa. (Foto: Marcos Fernandes/ Coligação Muda Brasil)
Dilma aparece com  42,91% dos votos válidos .(Foto:  Ichiro Guerra)Dilma aparece com 42,91% dos votos válidos .(Foto: Ichiro Guerra)

Aécio Neves (PSDB) está 14,18 pontos percentuais à frente de Dilma Rousseff (PT) no Estado. Conforme pesquisa do IPEMS (Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul) sobre a preferência do eleitor para presidente da República, ele tem 57,09% dos votos válidos. Candidata à reeleição, Dilma aparece com 42,91%.

Nesta análise, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. A margem de erro é de 3,36% para mais ou para menos, com grau de confiança de 95%.

Aécio lidera tanto em Campo Grande quanto no interior do Estado. Quando se contabiliza os indecisos e votos em brancos, o cenário muda para Aécio com 53,53% e Dilma com 40,24%. Indecisos, brancos e nulos somam 6,24%.

Na pesquisa espontânea, Aécio Neves tem 46,94% das intenções de voto. Dilma aparece com 35,29%, enquanto 17,77% não sabem ou não opinaram.

Dos entrevistados, 36,12% apontam que não votariam em Dilma de jeito nenhum. Já o tucano teve rejeição de 22,24%. Outros 37,18% não rejeitam nenhum dos candidatos. A pesquisa ouviu 850 pessoas em 32 municípios, no período de 14 a 17 de outubro. O levantamento foi registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR 01129/2014.

Pesquisa mostra liderança de Aécio Neves em Mato Grosso do Sul. (Arte: Fernando Ricardo Ientzsch)Pesquisa mostra liderança de Aécio Neves em Mato Grosso do Sul. (Arte: Fernando Ricardo Ientzsch)
Ainda tem o que entregar sobre Michel Temer em delação, diz Funaro
O corretor de valores Lúcio Bolonha Funaro, preso na Papuda, em Brasília, disse nesta quarta (16) que "ainda tem" o que entregar sobre o presidente M...
Sem consenso, Câmara adia votação da reforma política
Sem consenso e diante de muita polêmica, o plenário da Câmara dos Deputados adiou na noite desta quarta-feira (16) a votação do texto-base de parte d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions