A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Agosto de 2017

21/10/2014 11:46

André diz que candidatos ao governo do Estado disseram "muitas bobagens”

Francisco Júnior e Leonardo Rocha
Governador criticou propostas e candidatos. (Foto: Marcos Ermínio)Governador criticou propostas e candidatos. (Foto: Marcos Ermínio)

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou que seis candidatos ao governo do Estado disseram muitas bobagens durante a campanha. O chefe do executivo criticou também as propostas referente ao ICMS (Imposto sobre operações relacionada à Circulação de Mercadorias, Prestação de Serviços de transporte interestadual e intermunicipal e de comunicação).

“ Seis candidatos ao governo andaram falando muita bobagem. Que iriam mudar isso, diminuir aquilo. Quando tivermos o eleito e este já tiver a sua equipe, irei convidar para vir aqui para ele ver como é na realidade e fazer os encaminhamento necessários”, disparou André.

Ele também não poupou de críticas os dois candidatos que disputam o segundo turno da eleição: Delcídio do Amaral (PT) e Reinaldo Azambuja (PSDB). “ Os dois candidatos que chegaram ao segundo turno disseram que irão fazer várias isenções tributárias, se eles fizerem vão quebrar o Estado. Espero que apareçam aqui nas secretarias para mostrar os dados e as arrecadações. Ri melhor, quem ri por último. Nós copiamos as propostas e vamos cobrar depois”, ressaltou.

Conforme André, muitas promessas apresentadas poderão não ser cumpridas. “Será que eles vão tirar realmente o ICMS garantido? Será que vão baixar a alíquota do diesel, assim como o índice do ICMS? Não e me lembro das demais promessas, mas posso dizer que nossa arrecadação foi firme, sem aumento de alíquotas. Se alguém dizer que teve aumento, foi mal intencionado”, finalizou.

Ainda tem o que entregar sobre Michel Temer em delação, diz Funaro
O corretor de valores Lúcio Bolonha Funaro, preso na Papuda, em Brasília, disse nesta quarta (16) que "ainda tem" o que entregar sobre o presidente M...
Sem consenso, Câmara adia votação da reforma política
Sem consenso e diante de muita polêmica, o plenário da Câmara dos Deputados adiou na noite desta quarta-feira (16) a votação do texto-base de parte d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions