A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

13/09/2010 07:54

Após escândalo, CPI da Saúde pedirá cassação de Artuzi

Redação

A Câmara de Vereadores de Dourados deverá analisar na noite de hoje o relatório da CPI, em curso desde abril, que investiga irregularidades na gestão da saúde pública em Dourados.

O documento vai pedir a cassação do prefeito Ari Artuzi (sem partido) que está preso desde dia primeiro de setembro em Campo Grande. Ele foi alvo da Operação Uragano, realizada pela PF (Polícia Federal) e terminou expulso do PDT, partido ao qual estava filado desde 2007.

De acordo com o vereador Dirceu Longhi (PT), presidente da comissão, foram apuradas várias irregularidades. "A aprovação deste relatório é o primeiro passo para que o processo de cassação comece a ser analisado pela Câmara" afirmou em entrevista ao Dourados News. Longhi foi indiciado pela PF no inquérito da Uragano.

Hoje, a partir das 19h, a Câmara de Dourados parte para a segunda tentativa de realizar sessão. Após 9 dos 12 vereadores terem sido presos, a população, revoltada, realizou protesto na última quinta-feira. Eles atiraram moedas para os vereadores.

O episódio mais emblemático foi uma sapatada. O auxiliar administrativo Adailton Castro de Souza, 35 anos, morador do Jardim Santa Maria, atirou um sapato que atingiu em cheio o rosto do vereador Aurélio Bonatto (PDT), que presidia a sessão.

A Operação Uragano revelou esquema de pagamento de propina e direcionamento de licitações envolvendo a prefeitura, Câmara Municipal e empresários. Ao todo, a PF indiciou 60 pessoas. Com a prisão de Artuzi, vice-prefeito e do presidente e vice da Câmara, o juiz Eduardo Machado Rocha assumiu de forma interina a prefeitura de Dourados.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions