A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018

16/07/2015 13:45

Assembleia entrega Centro de Saúde à Cassems para economizar R$ 400 mil

Lidiane Kober e Leonardo Rocha
Zé Teixeira ressaltou ainda que, além de economizar, a tendência é melhor o atendimento no centro (Foto: Assessoria ALMS/Roberto Higa) Zé Teixeira ressaltou ainda que, além de economizar, a tendência é melhor o atendimento no centro (Foto: Assessoria ALMS/Roberto Higa)

Para economizar R$ 400 mil mensais, a Assembleia Legislativa assinou, nesta quinta-feira (16), termo e oficializou nova gestão do Centro de Saúde. A partir de agora, a Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores do Estado do Mato Grosso do Sul) tocará a administração com a promessa de não cortar serviços.

Com 66 funcionários, entre médicos e técnicos, o centro existe desde 1990 e, atualmente, consumia cerca de R$ 400 mil por mês da Assembleia. À Cassems, segundo o vice-presidente da Casa de Leis, deputado estadual Onevan de Matos (PSDB), serão repassados R$ 50 mil mensais no prazo de seis meses.

“Depois eles vão tocar sozinhos, já que 90% dos servidores da Assembleia já são credenciados à Cassems”, ressaltou Onevan.

Apesar de repassar à gestão, a Casa de Leis manterá os servidores efetivos no Centro de Saúde. “A Cassems, se achar necessário, pode enviar mais funcionários”, comentou o deputado estadual Zé Teixeira (DEM), primeiro-secretário da Assembleia. “Os comissionados ficam a cargo da Cassems decidir se continua ou não”, completou.

Ele ressaltou ainda que, além de economizar, a tendência é melhorar o atendimento do centro. “A Assembleia não tem preparo, não entende do ramo para gerenciar um centro de saúde, por isso, foi passado para quem entende”, enfatizou Zé Teixeira.

Presidente da Cassems, Ricardo Ayache foi à Casa de Leis, hoje, para assinar o termo. Ele assegurou que os serviços serão mantidos e destacou que a meta é ampliá-los.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions