A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

24/02/2014 14:17

Azambuja diz que Anastasia veio apresentar “modelo tucano” de gestão

Leonardo Rocha e Kleber Clajus
Azambuja esteve na chegada do governador Antônio Anastasia, em Campo Grande, onde este vai realizar uma palestra (Foto: Cleber Gellio)Azambuja esteve na chegada do governador Antônio Anastasia, em Campo Grande, onde este vai realizar uma palestra (Foto: Cleber Gellio)

O deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou, nesta segunda-feira (24), que a vinda do governador de Minas Gerais, Antônio Anastasia, para uma palestra a empresários tem por objetivo apresentar o “modelo tucano” de gestão entre o poder público e a indústria.

“Ele irá apresentar o modelo de eficiência na administração pública comprometida com o desenvolvimento industrial, que trouxe resultados positivos para Minas Gerais e pode servir de exemplo para o Estado”, disse Azambuja.

Na agenda em Mato Grosso do Sul, Anastasia se reuniu com lideranças políticas em um hangar do Aeroporto de Campo Grande, mas evitou falar de política com a imprensa. Ele é visto como continuidade ao trabalho iniciado pelo pré-candidato a presidência, Aécio Neves, no Estado mineiro.

Ele realiza palestra hoje, a partir das 14h30, no auditório da Casa da Indústria. O evento é organizado pela Fiems (Federação das Indústrias do Estado do Mato Grosso do Sul) e tem por tema a “Eficiência na Gestão Pública”, com objetivo de “trocar” experiências de sucesso com empresários.

Alianças – Sobre as alianças para as eleições deste ano, Azambuja disse que caso o PSDB resolva se aliar ao PT em Mato Grosso do Sul, os dois partidos precisam ter a “benção” das direções nacionais. Também adiantou que seu projeto político é de “mudança” e não de continuidade ao modelo atual.

Apesar de buscar o “aval” da direção nacional, o deputado ressaltou que a direção local tem “maturidade” para definir qual o melhor rumo a seguir no Estado.

“Iremos decidir (aliança) após o término do Programa Pensando MS, em abril. O que estamos discutindo é projetos e não apoio a pessoas”, completou.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions