A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

10/05/2012 21:34

Azambuja preside de reunião com ministra Miriam Belchior sobre a LDO

Nyelder Rodrigues

LDO prevê aumento de R$ R$ 622 para R$ 667 no próximo ano, e para R$ 729,20 em 2014 e R$ 803 em 2015

Ministra Miriam, e Azambuja, em reunião para debater a Lei de Diretrizes Orçamentários de 2013 (Foto: Divulgação)Ministra Miriam, e Azambuja, em reunião para debater a Lei de Diretrizes Orçamentários de 2013 (Foto: Divulgação)

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2013 foi o tema de discussão entre parlamentares da Câmara Federal integrantes da Comissão Mista de Orçamento, e a ministra do Planejamento, Miriam Belchior.

Prevendo a elevação do salário mínimo de R$ 622 para R$ 667 no próximo ano, o projeto foi apresentado à comissão em reunião que foi presidida pelo deputado federal do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB).

Outra proposta do projeto apresentado foi a previsão de um aumento do salário mínimo para R$ 729,20 em 2014 e R$ 803 em 2015. Os dados usados para elaborar a LDO se pautam em levantamento sobre os indicadores econômicos e não descartam revisões de estimativa.

Entre os destaques dados à LDO pelo presidente da reunião, o deputado Reinaldo Azambuja, está a estimulação à competitividade da produção nacional, ampliação da desoneração tributária, aprimoramento do setor automotivo, ampliação do crédito às exportações, entre outros.

Azambuja ainda lembra também que dois novos pontos serão inclusos na LDO de 2013. Um deles autoriza a execução integral dos investimentos previstos para o PAC, permitindo que as despesas do próximo ano estejam permitidas mesmo que a lei orçamentária não seja sancionada em tempo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions