A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

18/09/2010 10:30

Cabos eleitorais aceleram ritmo a 15 dias da eleição

Redação

Cabos eleitorais das coligações "Amor, Trabalho e Fé" e "A Força do Povo" tiveram o volume de trabalho dobrado nesta reta final de campanha.

Contratada no início da corrida eleitoral, Aliciene Garcia Domingos, que trabalha para um candidato a deputado estadual pelo PDT, diz que o ritmo começou a acelerar por volta do dia 10 deste mês.

"Se eram três reuniões por dia, agora fazemos seis", detalhou. Entretanto, segundo ela, o valor da remuneração continua a mesma desde o início, mesmo com maior volume de trabalho.

Reportagem feita pelo Campo Grande News com os cabos eleitorais, no início da campanha, apurou que eles recebem cerca de um salário mínimo por mês para agitar bandeiras, adesivar carros e agitar reuniões de candidatos.

Elaine de Oliveira, que trabalha na campanha de um candidato ao Senado, informou que em Campo Grande o ritmo de trabalho não mudou, mas que no interior a movimentação cresceu muito.

"Quem vai para o interior está tendo que se desdobrar, porque está trabalhando muito mais", afirmou.

Gabriela Kina, que atua na campanha de candidata a deputada federal pelo PPS, explicou que as equipes reagem conforme a "agressividade" dos adversários.

Ou seja: as novas contratações e o aumento do volume de trabalho acontecem quando "o outro lado" se movimenta mais, de acordo com ela.

O número de cabos eleitorais contratados também aumentou.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions