A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

31/01/2012 12:10

Câmara abre trabalho nesta quinta com expectativa de debate acalorado

Wendell Reis
Em ano de eleição, vereadores prevêem debates acalorados na Câmara. (Foto: João Garrigó)Em ano de eleição, vereadores prevêem debates acalorados na Câmara. (Foto: João Garrigó)

Os vereadores da Câmara de Campo Grande voltam ao trabalho nesta quinta-feira (2), quando acontece a sessão solene de abertura dos trabalhos em 2012. Durante a cerimônia o prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) vai ouvir as lideranças da sua base e da oposição e levar a sua mensagem para o ano legislativa.

O presidente da Câmara Municipal, Paulo Siufi (PMDB), conta que na sexta-feira (3) vai elaborar a pauta das sessões, que começam normalmente na próxima terça-feira (7). Entre os projetos a serem votados no inicio do ano legislativo estão os que se referem a estacionamento.

Um dos projetos de autoria de Siufi e do vereador Vanderlei Cabeludo (PMDB), estabelece que o consumidor ficará isento de pagamento se comprar um determinado valor no shopping. A lei define que será considerado isento o consumidor que comprar 10 vezes mais do que o valor do estacionamento. O segundo projeto sobre estacionamentos, de autoria de Siufi, Grazielle Machado (PR) e Marcelo Bruma (PV), obriga estabelecimentos e até consultórios médicos a fornecerem um número mínimo de vagas para os clientes.

Siufi revela que está com uma expectativa boa com relação aos trabalhos em 2012. Ele acredita que por ser ano de eleição, os vereadores vão querer trabalhar ainda mais. A Câmara também deve intensificar o número de audiências públicas para aproximar os vereadores da sociedade. Siufi analisa que a Casa descobriu uma boa fórmula com a realização das audiências públicas, que aproxima e faz a população conhecer os trabalhos dos vereadores. Ele relata que muitas pessoas não sabiam que leis como a que proíbe o fumo e farra com bebidas eram de sua autoria.

O líder do prefeito na Câmara, Flávio César (PTdoB), prevê um ano de muito trabalho no último ano do mandato do prefeito. Ele avalia que é um ano de muitas ações e que serão priorizadas as demandas na educação, saúde e insfraestrutura. O líder do prefeito espera que a oposição haja com responsabilidade e argumento que a celeridade nas ações, com projetos concretizados pela Prefeitura acaba minimizando o discurso da oposição.

A vereadora Thais Helena (PT) lembra que em anos de eleição os debates aumentam. Entretanto, ressalta que as discussões são intensas em todos os anos. Entre os assuntos a serem abordados pela oposição está a chuva que atingiu a Capital no dia 26 de janeiro. A vereadora avalia a situação como falta de planejamento da Prefeitura e diz que o debate não será por ser da oposição, mas porque se faz necessário.

A vereadora diz que no ano passado, durante audiência com o secretário de Obras, Antônio De Marco, falou que as chuvas tendem a aumentar e foi motivo de piada, sendo chamada de vidente pelo secretário. “Esta ai demonstrada a falta de preparo e planejamento”, criticou.



E eles irão pagar em juízo o aluguel?
Venhamos, não sou muito chegado ao gestor municipal, mas pelo menos ele quando era presidente daquela casa, ao menos pagava (depositava) em juízo o valor do aluguel. Agora, nem recolherem e ainda querer ser o gestor municipal significa muito despreparo. Muito
 
Orlando Lero em 31/01/2012 12:52:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions