A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

30/12/2011 19:14

Mandetta avalia que candidato deve ser escolhido por pesquisas qualitativas

Wendell Reis
Mandetta é um dos candidatos que disputam a preferência para ser o escolhido do grupo do governador e prefeitoMandetta é um dos candidatos que disputam a preferência para ser o escolhido do grupo do governador e prefeito

O pré-candidato a prefeito de Campo Grande em 2012, deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM), ainda acredita na manutenção da aliança entre o DEM, PMDB e PSDB para as eleições no próximo ano. “Nada impede que o PSDB participe deste mesmo grupo. Somos pessoas de bem. Com certeza temos ideias grandes e convergentes. As ideias divergentes são muito pequenas. Precisamos da continuidade que trouxe um resultado espetacular para Campo Grande”, avaliou o deputado.

Em entrevista ao Campo Grande News na tarde desta sexta-feira (30), Mandetta confidenciou que nos próximos dias vai começar a intensificar as visitas aos bairros da Capital, onde tem sua base eleitoral e conseguiu 54 mil votos na eleição para deputado federal.

“Vou visitar alguns bairros e ver como o campo-grandense esta vendo este processo eleitoral. Vou fazer uma caminhada boa pelos bairros de Campo Grande. Fui um secretário muito presente nas comunidades. Sempre discuti políticas de saúde. Então, tenho afinidade com todas as camadas sociais da cidade”.

Mandetta avalia que o fato de Paulo Siufi e Edson Giroto serem filiados ao PMDB não traz vantagem na corrida para ser o escolhido do grupo político, tendo em vista que o DEM sempre foi parceiro do PMDB no Estado. “Tem que ver por nomes e não por partido. Não ocorrerá preferências partidárias. Existem outros fatores tão importantes quanto, que vão ser somados e bem avaliados para a decisão tomada”.

Mandetta acredita que o grupo político deve escolher o melhor perfil por meio das pesquisas qualitativas. Desta maneira, avalia que o escolhido será apoiado por todos: “Todos estaremos juntos. Quem for o escolhido terá o apoio do outro”. Mandetta avalia que ainda há tempo para discutir alianças e não vê problemas em conversar com nenhum partido, inclusive com o PT.

Questionado sobre a declaração do PSDB de que terá candidato, Mandetta lembra que tem uma proximidade grande com o presidente estadual do PSDB, deputado federal Reinaldo Azambuja, e deve tomar uma decisão em conjunto. “Tenho andado muito próximo do Reinaldo e analisando o quadro sucessório junto. Estaremos, enquanto grupo, o prefeito Nelson Trad, governador André Puccinelli e os partidos aliados, fazendo uma grande frente política pró-candidatura do grupo”.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


Não sou politica, porém associo que para se ter pessoas do povo administrando a nossa querida e linda Capital é preciso entender quem sempre esteve ao nosso lado, e como municipe entendo e avalio que o Deputado Federal Luiz Henrique Manetta é o candidato ideal para administrar a nossa Campo Grande. Eu continuo apostando nele. Mandetta...para Prefeito.
 
Dirce Arantes em 31/12/2011 10:16:42
Seria um imbróglio de final feliz se a Marisa Serrano pedisse licença do tcems e saisse candidata a prefeita tendo como vice o pecuarista Antonio Moraes dos Santos ( aquele doador uti cardiologia santa casa e que estava construindo um hospital do cancer)onde teria o apoio irrestrito da ACRISUL que pediram esclarecimento sobre a taxa do FUNDERSUL e após este episódio o pq de exposição laucidio coelho foi proibido de fazer eventos. Marisa Serrana é uma das mulheres mais atuante da política do ms quiçá do Brasil teria condições plena de vencer as eleições e fazer um governo municipal com respaldo pra lançar o Reinaldo Azambuja ao governo do estado com uma aliança mais ampla dentro de um discurso mais politizado e democratico da política brasileira; contudo isso espero que a A a mesma com a fisioterapia tenha tratado bem sua perna e tenha condições de andar nos bairros mostrando um projeto novo para a prefeitura, pois a mesma tem qualificações de sobre e experiência política e credibilidade junto ao eleitor de campo grande ms pra saí vencedora pleito. Convém lembrar que a mesma foi uma guereira na campanha do primeiro mandado do Nelsinho, onde a mesma era vice. E NÃO ESSES NOMES QUE APARECE COMO POSSÍVEIS CANDIDATOS QUE ESTÃOS SENDO IMPLANTADOS GOELA ABAIXO AO ELEITOR DE CAMPO GRANDE MS.
 
JOSE MARIA MARTINS DE BRITO em 31/12/2011 02:23:00
NESSA ELEIÇÃO DO ANO QUE VEM EU PREFERIRIA APOIAR O REINALDO AZAMBUJA DO QUE MANDETTA.GANHAR COMO DEPUTADO É LUTAR PELO ESTADO,JÁ COMO PREFEITO EU NAO ACHO UMA BOA DECISÃO
 
SIMONE DOS SANTOS em 30/12/2011 06:56:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions