ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  08    CAMPO GRANDE 20º

Política

Candidato, Moka critica propostas mirabolantes e pede respeito ao eleitor

Médico e professor, o ex-senador contabiliza 36 anos de atuação na vida pública

Por Aline dos Santos | 05/08/2022 11:06
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
Ex-senador, Waldemir Moka é candidato a deputado federal. (Foto: Divulgação)
Ex-senador, Waldemir Moka é candidato a deputado federal. (Foto: Divulgação)

Candidato a deputado federal, Waldemir Moka (MDB), 70 anos,  afirma que os políticos precisam parar de fazer promessas mirabolantes e tratar os eleitores com mais respeito. Nesta sexta-feira (dia 5), o ex-senador participou da convenção da sigla, em Campo Grande.

“Não há mais espaço para candidatos populistas, que prometem o que nunca poderão cumprir. Isso vai de presidente, governador e prefeitos a cargos proporcionais como deputado federal”, disse o candidato ao público que compareceu à Associação Nipo Brasileira. Ele contabiliza 36 anos de vida pública.

Médico e professor, o ex-senador expôs suas prioridades, caso consiga uma das oito vagas do Estado na Câmara dos Deputados.

“Caso me seja dada nova oportunidade de representar nosso Estado em Brasília, lutarei pela agricultura de larga escala e também pela agricultura familiar, cujo trabalho tem um valor imenso, especialmente para mim”, explicou.

Moka orientou que os eleitores pesquisem bem sobre a vida de todos os candidatos para não ser surpreendidos mais à frente.

“Ser correto, ter uma postura digna como representante da população aqui ou em Brasília é obrigação de qualquer pessoa que deseja estar na política. Sempre me preocupei, desde minha primeira eleição como vereador em Campo Grande, em 1981, em honrar os votos que recebi. Nunca envergonhei minha cidade e meu Estado”, afirmou.

Nos siga no Google Notícias