ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, QUARTA  22    CAMPO GRANDE 30º

Política

Com abstenção de 32,7 milhões no 1° turno, TSE encoraja eleitor a votar

Em Mato Grosso do Sul quase meio milhão de pessoas deixou de votar

Jéssica Benitez | 27/10/2022 16:23
Abstenção ultrapassou 20% em Mato Grosso do Sul (Foto Arquivo)
Abstenção ultrapassou 20% em Mato Grosso do Sul (Foto Arquivo)

Após abstenção de 20,89% em todo o Brasil, totalizando 32,7 milhões de eleitores faltosos, o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Alexandre de Moraes, fez apelo para que os ausentes se façam presentes no próximo domingo (30), quando ocorre o segundo turno das eleições. Em Mato Grosso do Sul o percentual foi parecido: 20,08%, ou seja, dos 1.996.510 aptos a votar, 440.777 não compareceram às urnas.

O eleitor que deixou de votar no primeiro turno pode participar do segundo turno normalmente, mesmo que ainda não tenha justificado ausência posterior. Isso porque a Justiça Eleitoral entende que são duas eleições diferentes, sendo assim, uma não interfere a outra.

Moraes disse na tarde desta quinta-feira (27) que o transporte gratuito pode auxiliar a reduzir o percentual de faltosos. Campo Grande está entre as 22 capitais que vão liberar o transporte público para que o eleitor não deixe de votar.

 “Vamos diminuir essa abstenção e o transporte público gratuito ajudará. Quanto mais transporte público e quanto mais eleitores comparecerem, mais democracia”, falou ao finalizar a última sessão plenária do TSE antes de domingo.

Medo - O presidente da Corte também encorajou a população a não se intimidar com ameaças e ressaltou que casos de assédio eleitoral devem ser denunciados. “Não podemos permitir que os eleitores sejam assediados, sejam coagidos, sejam ameaçados, inclusive é assédio eleitoral empregadores ameaçarem seus empregados”, disse Moraes.

Nos siga no Google Notícias