A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

29/07/2014 16:14

Com Bernal fora da pauta, TRE vai analisar mais 13 pedidos de impugnação

Ludyney Moura

O plenário do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) não deve julgar hoje os pedidos de impugnação da candidatura do PP ao Senado, o prefeito cassado da Capital Alcides Bernal. O nome do pepista não está na pauta da côrte para a sessão de hoje.

A informação de que os pedidos para impedir a candidatura de Bernal seriam julgados hoje foi repassada pela própria assessoria de comunicação do Tribunal. No começo desta tarde o órgão disse apenas que a relação dos julgamentos é feita horas antes do início das sessões pelo juiz-relator, que não incluiu o ex-prefeito no rol dos julgados. 

Na sessão desta terça-feira (29), o Tribunal vai analisar os pedidos de impugnação de 13 candidatos, e abre os trabalhos pelo requerimento do registro do presidente da Fenasp (Fórum Evangélico Nacional de Ação Social e Política) e pastor da Igreja Evangélica Sara Nossa Terra, Wilton Acosta, candidato a deputado federal pelo PRB, e do ex-prefeito de Ponta Porã, Flavio Kayatt, candidato a deputado estadual pelo PSDB.

As sessões para análise dos pedidos de impugnação acontecem ao menos duas vezes por semana, com início às 17h, na sede do Tribunal na Capital. 

Impugnações – A sessão de ontem (28) analisou os pedidos de impugnação dos candidatos a deputado federal Manoel do Carmo Vitório (PSB) e Maria Eloir Rodrigues Vilante (PMDB), e dos postulantes a uma cadeira na Assembleia Legislativa, Crenilda da Silva Lima (PTdoB) e Antonio Carlos Rodrigues de Farias (PTN).

A ata da sessão disponibilizada pelo TRE revela que os magistrados “julgaram procedente a impugnação para indeferir o pedido de registro de candidatura, nos termos do voto do relator. Decisão unânime” e que se aplica aos quatro candidatos, que ainda podem recorrer da decisão. 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions