A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

15/12/2012 16:22

Com direito a bate-bola, Trad e Bernal selam trégua para a transição

Aline dos Santos e Francisco Júnior
Bernal e Trad Filho trocaram passes durante solenidade no Amigos da Paz, acompanhados pelo deputado Rinaldo Modesto (Foto: Francisco Junior)Bernal e Trad Filho trocaram passes durante solenidade no Amigos da Paz, acompanhados pelo deputado Rinaldo Modesto (Foto: Francisco Junior)

Após intensa troca de farpas, o segundo encontro oficial entre o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), e o seu sucessor Alcides Bernal (PP) teve aperto de mão, tapinha nas costas e bate-bola. Eles se encontraram no estádio Elias Gadia, no bairro Taveirópolis, onde será disputado o jogo Amigos das Paz, e definiram que vão agendar amanhã uma reunião.

Primeiro a chegar, Bernal afirmou que espera uma transição de forma harmônica. Até então, ele acusava o prefeito de dificultar o acesso da equipe de transição aos documentos. Alcides Bernal quer discutir a situação do prédio da Câmara Municipal, ameaçada de despejo, e as grandes licitações.

“Campo Grande não merece essa situação de despejo dos vereadores e não merece licitações tão questionáveis”, salienta. Ele chegou ao estádio acompanhado do vereador eleito Waldecy Batista Nunes (PP), o Chocolate.

Aproveitando o local, Bernal apostou em metáfora futebolística ao se dirigir ao público. “Vim aqui para dissipar e dirimir qualquer coisa, bola para frente, talvez com gente com inveja da gente”, declarou. Hoje, ele ainda se reúne com os vereadores.

“Acho que ele estava esperando o jogo da paz para a gente se encontrar”, afirmou Nelsinho, que entra em campo para disputar a partida. Ele reafirmou que tentou por diversas vezes falar com o sucessor e negou que dificulte o fornecimento de documentos. “Não tem essa. Existem regras estabelecidas pelo Tribunal de Contas. Se por oito anos fiz [certo], por que no último não vou fazer?”

Trad reiterou que administrar a cidade é complexo. Para ele, a situação da Câmara e do lixão, são uma das pequenas dificuldades para um prefeito. A data da reunião será definida amanhã à tarde.

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...


só o tempo con$trói...
 
Diogo Banzer em 17/12/2012 21:53:12
esse Bernal sempre chega como coitadinho fala em harmonia depois diz "Campo Grande não merece essa situação de despejo dos vereadores e não merece licitações tão questionáveis”, ou seja, quem diz isso JAMAIS quer transição em harmonia.
 
joão afonso em 16/12/2012 19:41:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions