A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

23/10/2014 21:12

Com posturas diferentes, candidatos chegam à emissora para debate

Ludyney Moura e Kleber Clajus
Reinaldo chegou sério e não quis falar com a imprensa (Foto: Alcides Neto)Reinaldo chegou sério e não quis falar com a imprensa (Foto: Alcides Neto)
Já Delcídio chegou sorridente e distribuiu sorrisos para militância que o aguardava (Foto: Alcides Neto) Já Delcídio chegou sorridente e distribuiu sorrisos para militância que o aguardava (Foto: Alcides Neto)

Em horários e com postura diferentes, os dois candidatos ao Governo do Estado, senador Delcídio do Amaral (PT) e o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB), já estão nas dependências da TV Morena para participarem do último debate antes do 2º turno das eleições.

Reinaldo chegou mais cedo, por volta das 20h25, acompanhado da esposa e de alguns assessores. O tucano chegou em silêncio, concentrado e não falou com a imprensa. Também não havia correligionários do PSDB nos arredores do debate.

Já Delcídio chegou pouco antes das 21h e conversou com cabos eleitorais e militância partidária que o aguardavam do lado de fora da emissora.

Acompanhado de uma das filhas e também de alguns assessores, o petista estava confiante e sorridente. “Tenho perspectivas muito boas para o debate. Nós vamos ganhar”, disse o senador.

O debate está previsto para iniciar às 21h30 e terá cerca de 50 minutos de duração, divididos em três blocos, com perguntas e respostas entre os adversários.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions