A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Setembro de 2019

21/08/2019 12:45

Conversa com DNIT sobre alça de acesso à nova ponte está avançada, diz Reinaldo

O governador Reinaldo Azambuja ressaltou que o projeto só foi incluso por empenho da bancada federal

Viviane Oliveira e Fernanda Palheta
Governador Reinaldo Azambuja durante evento sobre o corredor rodoviário bioceânico (Foto: Chico Ribeiro) Governador Reinaldo Azambuja durante evento sobre o corredor rodoviário bioceânico (Foto: Chico Ribeiro)

Na 8ª reunião sobre o corredor rodoviário bioceânico, realizada nesta terça-feira (21), em Campo Grande, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) disse que foi incluído no PPA (Plano Plurianual) da União a obra de uma alça de acesso entre a BR-267 e a ponte sobre o Rio Paraguai em fase de projeto pelo País vizinho. A obra vai ligar Porto Murtinho, no Brasil, a Carmelo Peralta, no lado paraguaio e é parte da nova rota para facilitar o caminho das exportações ao Pacífico.

A previsão é de pavimentação de um trecho de 11 km, com investimentos previstos para o período de 4 anos. O governador ressaltou que o projeto só foi incluso por empenho da bancada federal. Segundo ele, estão avançadas as conversas com o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) para colocar recursos na BR-267. “A bancada federal colocou como prioridade a ação do Governo Federal nessa rodovia”, afirmou.

Autoridades paraguaias confirmaram na semana passada a manutenção do projeto de construção de ponte ligando o Brasil ao país vizinho, na fronteira que passa por Mato Grosso do Sul. Também foi anunciada a intenção de deixar reservada, ao lado da estrada que formará a Rota Bioceânica, uma faixa exclusiva para a implantação de ferrovia.

O encontro - Aberto às 9h, no Hotel Deville, 8ª Reunião do Grupo de Trabalho do Corredor Rodoviária Bioceânico, tem a presença do ministro João Carlos Parkinson de Castro, coordenador Nacional do grupo de trabalho, de Patrício Perciavalle, coordenador do grupo pela Argentina; Roberto Ruiz Piraces, embaixador e representante do Chile e Glória Irma Amarilla, coordenadora do Paraguai.

Os trabalhos se encerram amanhã (22), quando está prevista participação do ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions