A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

01/02/2012 16:33

Delcídio é mantido na presidência da CAE no Senado

Marcos Chagas, da Agência Brasil
Delcídio foi  mantido na CAE do Senado. (Foto: Arquivo)Delcídio foi mantido na CAE do Senado. (Foto: Arquivo)

Brasília – A bancada do PT no Senado decidiu hoje (1º) manter a senadora Marta Suplicy (SP) na primeira-vice-presidência da Casa. No início do ano passado, os parlamentares fecharam acordo pelo qual haveria um rodízio no cargo e na presidência das comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e de Direitos Humanos (CDH), mas ele foi "revisto". Com isso, Delcídio Amaral (MS) permanecerá à frente da CAE e Paulo Paim (RS) na CDH.

O novo líder do PT, Walter Pinheiro (BA), escolhido para substituir o pernambucano Humberto Costa, disse que a bancada reconheceu o acordo, "mas entendeu que, diante da conjuntura do momento", seria necessária uma "revisão" desse entendimento. De acordo com Pinheiro, em 2013, haverá eleição para a escolha dos membros da Mesa Diretora do Senado e não haverá qualquer acordo para que "fulano ou beltrano venha a ocupar qualquer cargo".

Pinheiro disse que, no comando da bancada, vai procurar uma "completa afinação" com o PMDB, principal aliado do governo, e com os demais partidos da base. O novo líder minimizou o episódio que envolveu o líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), e a Presidência da República, em que o peemedebista tentou manter na direção-geral do Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Dnocs, Elias Fernandes, que foi por ele indicado.

"Não podemos trazer isso para o Senado", disse Pinheiro. Ele ressaltou que trocas como essa sempre poderão ocorrer, não só no Dnocs, mas também em outros órgãos da administração federal.

O senador Wellington Dias (PI), que disputava o comando da bancada com Pinheiro, foi incumbido pelo partido de trabalhar na coordenação das campanhas nas eleições municipais. O presidente do PT, Rui Falcão, que participou da reunião, disse que o partido tem como prioridade no pleito deste ano a conquista das prefeituras de municípios com mais de 150 mil eleitores que tenham redes de emissoras de rádio e TV.

Especificamente sobre a cidade de São Paulo, Falcão ressaltou que Marta Suplicy atuará firmemente na campanha do ex-ministro da Educação, Fernando Haddad, que deve ser indicado candidato do PT à prefeitura. "A senadora Marta Suplicy nunca colocou em dúvida o seu apoio ao nosso candidato Fernando Haddad. Também não colocou qualquer condição ou imposição", acrescentou.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions