A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

11/01/2015 11:28

Deputados buscam aliados para conquistar a presidência da Assembleia

Leonardo Rocha
Zé Teixeira terá apoio do grupo eleito por Azambuja e espera buscar outros partidos (Foto: Giuliano Lopes/ALMS)Zé Teixeira terá apoio do grupo eleito por Azambuja e espera buscar outros partidos (Foto: Giuliano Lopes/ALMS)
Mochi conta com a adesão do PT e até com entendimento do grupo de Azambuja (Foto: Giuliano Lopes/ALMS) Mochi conta com a adesão do PT e até com entendimento do grupo de Azambuja (Foto: Giuliano Lopes/ALMS)

Os deputados que almejam presidir a Assembleia Legislativa a partir de 2015, começam a intensificar as conversas em busca do número de votos suficientes para vencer a disputa. Também existe o diálogo para que seja formada uma chapa única, contemplando as principais forças partidárias. Esta ideia é inclusive a preferida do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Como candidato do grupo de aliados do PMDB, o deputado Junior Mochi tem como missão “segurar” os colegas que já se comprometeram em apoiá-lo, além de buscar a adesão da bancada do PT e até o possível entendimento com os aliados de Azambuja.

“Acreditamos que este discurso do governador de formar chapa única favorece o PMDB, que tem a maior bancada, se não tiver entendimento vamos para disputa, hoje temos 14 colegas ao nosso lado”, garante o deputado Eduardo Rocha (PMDB).

De acordo com o peemedebista, além dos 9 deputados que já haviam assinado apoio a Mochi, fazem parte do grupo o deputado George Takimoto (PDT) e a bancada do PT. “Iremos continuar conversando para buscar os votos suficientes, ainda pode haver uma composição com o governador, as conversas tendem a se intensificar”, disse ele.

Apoio - Já o deputado Zé Teixeira (DEM) também vai levar seu nome até o final para tentar presidir a Casa de Leis, contando com o apoio dos deputados eleitos pela coligação de Reinaldo e a adesão de colegas de outros partidos. “Ele vai levar até o final, não acredito em uma disputa, já que a tendência é pelo consenso, temos um bom relacionamento com todos”, disse o deputado Rinaldo Modesto (PSDB), que faz parte do grupo que apoia o democrata.

Aliados - Os dois principais candidatos a presidência, Mochi e Zé Teixeira, irão fazer parte da base do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Por esta razão, Eduardo Rocha acredita que estes assuntos devem ser tratados de forma separadas. “Não vamos misturar os temas, pois na minha concepção os dois fazem parte da mesma base”, disse ele.

Além do DEM e do PMDB, a deputada Mara Caseiro (PT do B) continua com seu nome a disposição para presidência do legislativo. Já Paulo Corrêa (PR) pode fixar os esforços na disputa pela 1° secretária, após conversar nesta semana com o governador.

Eduardo Rocha diz que Mochi já tem 14 votos e que se não houver consenso, vão para disputa (Foto:Giuliano Lopes/ALMS)Eduardo Rocha diz que Mochi já tem 14 votos e que se não houver consenso, vão para disputa (Foto:Giuliano Lopes/ALMS)
Rinaldo diz que grupo irá apoiar Zé Teixeira e que a tendência é uma chapa única (Foto: Giuliano Lopes/ALMS)Rinaldo diz que grupo irá apoiar Zé Teixeira e que a tendência é uma chapa única (Foto: Giuliano Lopes/ALMS)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions