A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

16/01/2012 17:47

Deputados federais de MS gastaram R$ 2,4 milhões em 2011

Edmir Conceição

Câmara reembolsa parlamentares por despesas com passagens, telefone, postagem, escritório, jornais e revistas, transporte, alimentação, hospedagem, combustível, segurança e propaganda

Os oito deputados federais de Mato Grosso do Sul gastaram R$ 2.402.067,92 da verba indenizatória (despesas reembolsáveis), segundo dados disponíveis no site da Câmara. Para MS, o teto mensal por deputado para ajuda de custo é de R$ 30.419,48. Até esse valor, desde que apresentem notas e recibos, a Câmara faz o reembolso.

O dinheiro da verba indenizatória é gasto com passagens aéreas, telefone, serviços postais, materiais e manutenção de escritório, assinatura de publicações (jornais e revistas), transporte, alimentação, hospedagens, combustíveis, segurança e divulgação das atividades parlamentares em veículos de comunicação.

Da bancada de MS, o deputado Edson Giroto (PMDB-MS) utilizou o máximo permitindo, gastando durante o ano R$ R$ 322.068,22, seguido pelo deputado Antonio Biffi (PT-MS), R$ 312.541,66; Geraldo Resende (PMDB-MS), 303.615,18; Reinaldo Azambuja (PSDB-MS), R$ 303.085,80; Marçal Filho (PMDB-MS), R$ 299.822,22; Henrique Mandetta (DEM-MS), R$ 292.621,00; Vander Loubet (PT-MS), R$ 292.769,59; e Fábio Trad (PMDB-MS), R$ R$ 275.544,15.

Para todos os deputados da Casa, a Câmara gastou R$ 135,4 milhões para reembolsar as despesas realizadas no exercício do mandato. As cotas parlamentares estão disponibilizadas no site da Câmara,por exigência da lei da transparência. A ajuda de custo não inclui o salário mensal de R$ 26,7 mil.

Levantamento geral, de todos os gastos reembolsáveis pela Câmara, feito pelo UOL aponta que o maior gasto dos deputados é com publicidade de suas próprias atividades: R$ 24,9 milhões (18,5% do total), gastos com panfletos e jornais, por exemplo, entre outras formas de divulgação. Depois aparecem gastos com passagens aéreas e frete de aeronaves (R$ 19,6 milhões), telefonia (R$ 19,5 milhões), aluguel de transporte (R$ 19 milhões), combustível (R$ 15 milhões), manutenção de escritório político (R$ 14 milhões), consultorias (R$ 13,5 milhões), serviços postais (R$ 5 milhões), alimentação (R$ 1,7 milhão), hospedagem (R$ 1,7 milhão), segurança (R$ 1,2 milhão) e assinatura de publicações (R$ 231 mil).



Gostaria de ver uma distribuiçao de panfletos nas principais esquinas da cidade com esses gastos e as realizaçoes efetivas dos politicos. Grande parte da populaçao nao tem acesso a essas informaçoes.
 
antonia glorizete de almeida em 18/01/2012 04:41:08
Infelizmente são nossos representantes, eleitos pela população. Temos de aprender a votar para que pessoas dignas sejam eleitas e façam leis morais.
Essa atitude dos deputados é legal, mas totalmente imoral. Nem tudo que é imoral é ilegal. Fazem leis em benefício próprio e esquecem que se eles estão no poder é porque nós eleitores é que colocamos eles lá e é esse o retorno que temos.
 
Ricardo Socrates Silva em 17/01/2012 11:17:45
quanto dinheiro desperdiçado . este brasil quem trabalha ta ferado tendo que sustentar estes politicos .
 
waldemir revoltado em 17/01/2012 10:31:10
CARA QUEM É O DONO DA CHAVE DO COFRE?, QUEM AUTIORIZA? QUEM LIBERA? QUEM DÁ ESTE DINHEIRO? QUE LÓGICO NÃO É DELE, JA PENSOU ESTE DINHEIRO NA SAUDE, NA SEGURANÇA, NAS ESCOLA PUBLICA, NA MERENDA ESCOLAR, QUANTAS SALSICHAS ESTRAGADAS O ALUNOS DEIXARIAM DE COMER. ISSO SÓ VEM PROVAR QUE POLITICOS SÃO OS VERDADEIROS BANDIDOS DO BRASIL,LADRÕES,SALAFRARIOS, NÃO SÃO UM NEM DOIS SÃO TODOS .
 
josé carlos marani em 17/01/2012 09:25:09
Que coisa não temos que sobreviver com R$ 640,00 por mês e fazer milagre para transporte, ruim, telefonia super apertada, segurança, que não temos, alimentação limitada, e esse pessoal me custa R$ 2,4 milhões, será que não tá na hora do povo deixar de ser idiota a abrir os olhos pra tanto dinheiro que damos a eles em forma de impostos pra tanta regalia enquanto vivemos no limite extremo.
Reflitam!
 
Oswldo Benites em 17/01/2012 08:50:42
justamente os deputados mais votados são os que mais gasta,então faço um apelo a população vamos por um fim nisto os caras não fazem nada pela sociedade e torram o dinheiro publico,gente se você tem um funcionário que só da despesa geralmente se demiti não é? então vamos mandar este pessoal embora da politica.... de que forma?... nas próxima eleição, nos podemos...chega deste maus parlamentar...
 
haroldo jose fernandes nogueira em 17/01/2012 08:36:02
Vocês deveriam devolver este dinheiro ao invés de serem reembolsados.Foram eleitos e seus salários já é suficiente para o pouco que fazem (e quando fazem).Podem ter certeza que esta anotado na "agendinha" e nunca mais nenhum de vocês recebrá votos meu e da minha família.Vocês são uma vergonha para nós.Na lista há deputados que não gastaram R$ 0,01.Deviam ser "exemplos" para "vocês".
 
Otavio Duarte em 16/01/2012 11:56:54
Cade a OAB do nosso estado agora???????????
Porque ao invés de ficar defendendo bandidos ela não faz uma rigorosa investigação em cima desses gastos!!!!!!!!!!!
Essa OAB do nosso estado é e sempre foi uma piada.
 
Gustavo Carvalho em 16/01/2012 09:02:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions