A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

10/01/2012 21:15

Dispensa de licitação vai acelerar reforma da ponte sobre o rio Paraguai

Edmir Conceição
Governadora em exercício, Simone Tebet, recebeu o prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha, e o deputado Paulo Duarte, nesta terça-feira. (Foto: Edemir Rodrigues)Governadora em exercício, Simone Tebet, recebeu o prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha, e o deputado Paulo Duarte, nesta terça-feira. (Foto: Edemir Rodrigues)

A governadora em exercício, Simone Tebet (PMDB), anunciou, durante audiência ao prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha (PT), e ao deputado Paulo Duarte (PT), a dispensa de licitação da reforma da ponte sobre o rio Paraguai, na BR-262. Paulo Duarte pediu urgência na reforma em outras audiências na Governadoria e hoje, ao reiterar a reivindicação, foi informado do atendimento do pedido.

A ponte liga Corumbá ao resto do Estado e sua estrutura foi danificada em abril do ano passado, quando uma balsa carregada de minério se chocou contra um dos pilares de sustentação da ponte. Duarte já discutiu o problema com a área técnica do governo e só aguardava a decisão do governador André Puccinelli. O dinheiro para o início da recuperação já foi depositado pela empresa que tem a concessão do pedágio. Segundo o deputado, o problema causou transtorno porque a ponte passou a funcionar apenas em meia pista e quem precisa passar pela estrutura é obrigado a esperar a liberação para seguir viagem.

“Desta vez recebi a boa notícia de que foi publicada no Diário Oficial de hoje (10) a dispensa de licitação para as obras de recuperação e reforço das estruturas, o que deve antecipar o início da reforma”, destacou Duarte.

Os reparos serão feitos em duas etapas. Nessa primeira fase as obras vão recuperar a parte de cima. A estrutura da parte de baixo, que deve ter reforço nos pilares, ainda aguarda análise aprovação do projeto pelo DNIT (Departamento Nacional de Infra-estrutura e Transportes). Paulo Duarte disse que a ponte ainda precisa de uma terceira etapa de obras, para implantação de grades de proteção para evitar novos acidentes com embarcações.

A governadora em exercício disse a finalização do projeto será discutida no retorno do governador André Puccinelli, que passa férias em natal (RN). “Tivemos uma excelente reunião, agora vamos aguardar a volta do governador André Puccinelli em fevereiro, quando vou solicitar uma nova audiência para fecharmos os últimos detalhes”, disse Simone.

Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...


Acelera renda também!
 
Paulo Andre em 11/01/2012 10:22:46
Sra governadora(em exercicio), a posição do governo está corretissima, pois a licitação pode demorar um ano e tem a mesma falcatrua de dispensa da mesma...qdo é urgente poderá sim...desde que seja tudo transparente e de preferencia soltar na rede social o que está fazendo e foi feito...parabén pela iniciativa
 
filadelfio terencio em 11/01/2012 10:01:52
Tudo bem, dispensa-se a licitação para a reforma da ponte e daí? Quais a(s) alegações legais para tal dispensa, Srª Governadora? Transparência com o dinheiro público é coisa séria!!!
 
MARCELLO MENDES em 10/01/2012 10:58:36
Dispensa de licitação, essa é ótima, só não sei pra quem...........kkkkkkkkkk, o Brasil não é uma país sério mesmo!!!!!!!!!!!!!!
 
cláudio roberto de oliveira em 10/01/2012 10:30:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions