A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

15/10/2015 13:35

Em festa dos professores, Bernal faz compromisso de cumprir a lei do piso

Antonio Marques
Em discurso aos professores, Alcides Bernal faz o compromisso de cumprir a lei do piso salarial (Foto: Darlan Benites /Divulgação)Em discurso aos professores, Alcides Bernal faz o compromisso de cumprir a lei do piso salarial (Foto: Darlan Benites /Divulgação)

Durante a festa dos professores na sede do clube de campo da ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação), o prefeito Alcides Bernal (PP) assumiu o compromisso do pagamento do reajuste previsto na lei 5.411/2014, que garante o piso salarial para carga horária de 20 horas semanais.

Bernal discursou no espaço lotado e se comprometeu até em antecipar uma reunião com a direção do sindicato para definir a forma para cumprir a legislação. Durante a fala, o prefeito foi aplaudido pelos presentes. Na oportunidade, o presidente da ACP, professor Geraldo Alves, cobrou também a atualização da progressão funcional da categoria, que estaria sem alteração há mais de um ano. O assunto também será debatido na reunião com o prefeito.

Câmara - Na sessão de hoje na Câmara Municipal, os vereadores lembraram o Dia do Professor para cobrar do Executivo o cumprimento da lei do piso. O alvo foi o vereador licenciado, Paulo Pedra (PDT), que assumiu a Secretaria Municipal de Governo nesta gestão do Bernal.

O vereador Herculano Borges (SD) lembrou que Paulo Pedra estaria devendo uma resposta aos professores e aos colegas da Câmara em relação ao pagamento do reajuste dos 13,01%, conforme exige o piso salarial. Pedra foi cobrado por ser um dos vereadores que mais cobrava do prefeito afastado Gilmar Olarte o cumprimento da lei, dizendo que a prefeitura tinha dinheiro em caixa. “Hoje o prefeito deveria aproveitar a data para assinar com os professores o acordo para o pagamento do reajuste”, declarou Marcos Alex (PT).

Paulo Siufi (PMDB) disse acreditar que até o final do dia o prefeito deveria realizar uma conversa com os professores, uma vez que ele já havia declarado cumprir a legislação do piso salarial.

Com retorno às aulas definido, professores ainda aguardam novo calendário
Mesmo com o início das aulas do segundo semestre marcado para a próxima terça-feira (13), os docentes da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do...
Bernal recebe direção do sindicato dos professores nesta quinta-feira
Depois da derrota de ontem no Órgão Especial do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), que considerou ilegal a mais longa greve dos profes...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions