A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Setembro de 2017

23/08/2017 07:46

Em luto oficial, Governo de MS cancela agendas públicas até amanhã

Bandeiras do Brasil e do Estado ficam a meio-mastro neste período

Mayara Bueno
Bandeiras foram deixadas a meio-mastro por luto oficial no Centro de Convenções, no Parque dos Poderes. (Foto: Marcos Ermínio).Bandeiras foram deixadas a meio-mastro por luto oficial no Centro de Convenções, no Parque dos Poderes. (Foto: Marcos Ermínio).

O Governo de Mato Grosso do Sul decretou luto oficial de três dias em virtude do falecimento do ex-governador do Estado, Pedro Pedrossian. Ele morreu na madrugada de terça-feira, dia 22, aos 89 anos.

Em virtude disto, as agendas públicas do governador de MS, Reinaldo Azambuja (PSDB), foram cenceladas até quinta-feira, dia 24. Conforme a assessoria de comunicação do governo, o luto determina deixar as bandeiras de MS e Brasil a meio-mastro.

Nesta quarta-feira, dia 23, o Executivo estadual oficializou o decreto em seu Diário Oficial. No texto, o governo lembra que Pedrossian construiu uma "destacada trajetória como homem público, com singular atuação no cenário político do Estado".

O ex-chefe do então estado que unia Mato Grosso e Mato Grosso do Sul era engenheiro formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie de São Paulo.

Comandou o Estado de 1966 a 1971. Depois, foi governador novamente em 1980, quando foi nomeado, posto que retornou em 1991, após ter sido eleito nas urnas.

"Considerando sua brilhante trajetória profissional e política, e o reconhecimento de sua atução à frente deste Estado por toda a sociedade sul-matogrossense, é declarado luto oficial no Estado de Mato Grosso do Sul".

Ontem, os compromissos foram cancelados, a exemplo da solenidade que repassaria R$ 60 milhões para a Prefeitura de Campo Grande. A respeito disto, o governo informou que ainda não tem nova data para o evento.

O período de luto oficial é datado a partir de ontem, dia do falecimento do ex-governador, até quinta-feira, dia 24.

Prefeitura e Câmara - O Executivo municipal decretou luto de um dia, que foi ontem, conforme publicado em edição extra do Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande). A Câmara oficializou hoje o luto, contado a partir de ontem, de três dias também.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions