A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Julho de 2018

17/05/2018 21:05

Em MS, Álvaro Dias diz que o futuro do país está nas mãos do brasileiro

Adriano Fernandes e Helio de Freitas
Álvaro e Francisco Maia, também candidato ao Senado pelo Podemos. (Foto: Helio de Freitas) Álvaro e Francisco Maia, também candidato ao Senado pelo Podemos. (Foto: Helio de Freitas)

Em visita à Dourados, nesta quinta-feira (17) o senador e pré-candidato à presidência da República, Álvaro Dias (Podemos - PR), ressaltou que acredita na lucidez do brasileiro na hora de escolher um melhor candidato que possa mudar os rumos do país.

“O Brasil tem jeito, mas quem tem que dar um jeito nele, primeiramente é o povo brasileiro. Escolhendo bem no dia do voto e com lucidez, consciência, e reflexão. Olhar o passado de cada pretendente, o que cada um fez, e sentir se tem as credencias necessárias para presidir o Brasil e tirar o país da crise”, comentou.

Durante a reunião com filiados e simpatizantes do Podemos, esta noite (17) na associação comercial da cidade, o pré-candidato ainda ressaltou que o principal critério para alianças políticas do partido nas eleições, não é necessariamente partidária. 

“A nossa aliança não e com siglas. As siglas estão desmoralizadas no Brasil. Mas estaremos sempre ao lado de pessoas de bem”, citando outros companheiros de partido, como o candidato ao Senado, Francisco Maia e o também pré-candidato ao governo de Mato Grosso do Sul, Cláudio Sertão.

Ao comentar sobre as pesquisas eleitorais, Álvaro disse ser ainda muito cedo para levar em consideração apenas as pesquisas, quanto a um favorito à presidência e elogiou a Lava-Jato.
Operação que segundo vai ajudar no discernimento dos eleitores que voltaram a ter mais esperanças de um futuro melhor do Brasil, na política.

“É muito cedo para as pesquisas indicarem o futuro. Temos que aguardar a população se ligar no processo eleitoral para termos uma orientação mais adequada nas eleições. Mas a população, hoje, já tem a exata noção de quem são os políticos honestos e os corruptos”, pontuou.
“E essa transformação começou com a operação Lava Jato que representa um marco nas nossas esperanças de um melhor futuro do Brasil. Na esteira da operação vamos produzir as reformas políticas necessárias”, acrescentou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions