A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

13/01/2015 12:10

Governador espera concluir relatório de obras paradas em uma semana

Michel Faustino
Governador disse que com relatório em mãos será possível definir o que dará ou não para concluir. (Foto: Marcelo Calazans)Governador disse que com relatório em mãos será possível definir o que dará ou não para concluir. (Foto: Marcelo Calazans)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) declarou na manhã de hoje (13) que o relatório que aponta a situação das obras inacabadas deixadas pelo seu antecessor, André Puccinelli (PMDB), deve ser concluído até a próxima semana. Reinaldo reiterou que o prazo inicial era de que o balanço fosse concluído até o dia 13 de março, no entanto, será preciso antecipar o diagnostico para estabelecer o que será possível terminar ou não.

Durante visita a Seinfra (Secretaria Estadual de Infraestrutura), Reinaldo expôs a situação encontrada. Segundo o tucano, já é possível antecipar que há em torno de R$ 500 milhões em obras inacabadas deixadas por Puccinelli e que hoje não existe recursos suficientes nos cofres do governo para a conclusão desses projetos.

Segundo ele, será necessário estabelecer prioridades, em decorrências das limitação orçamentária. "Temos que elencar prioridades, porque não podemos começar uma obra e depois não terminar. E pra isso temos que avaliar o que poderemos concluir ou não" disse.

Azambuja voltou a criticar o ex-governador André Puccinelli, que segundo ele, "se gabava, e vivia dizendo que deixaria dinheiro em caixa, e não deixou". Conforme o governador, outro "problema", é quanto a autorização de obras durante o fim de mandato.

Os hospitais regionais de Três Lagoas e de Dourados, por exemplo,  tiveram os recursos empenhados no início de dezembro e foram cancelados no dia 31 – último dia da gestão de Puccinelli. Para cada uma dessas obras foram destinados recursos na ordem de R$ 41 milhões e R$ 21 milhões, respectivamente, que foram revogados no último momento.

Além dos hospitais regionais, as obras das rodovias MS 180 e 156, região de Dourados, e a duplicação da avenida Guaicurus,  em Dourados, também tiveram os recursos cancelados.

Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions