A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

17/05/2012 12:54

Governo afirma que não cortará ponto dos administrativos da Educação

Wendell Reis

O líder do PMDB na Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Rocha (PMDB), disse na manhã desta quinta-feira (17), durante a sessão, que o Governo do Estado garantiu que não vai cortar o ponto dos administrativos da Educação. A resposta de Rocha foi dada ao deputado Pedro Kemp (PT), que ocupou a tribuna para questionar a situação dos trabalhadores.

Kemp informou que recebeu a denúncia de que representantes da secretaria de Educação estavam recolhendo nomes dos servidores que faltaram ao trabalho na última quinta, sexta, segunda e terça-feira. Os servidores temem que a lista seja para descontar a falta do salário dos servidores.

Os servidores do administrativo da Educação faltaram ao trabalho em protesto contra o reajuste salarial proposto pelo Governo, de 9,6% para ensino fundamental e 6% para os demais. Eles voltaram ao trabalho depois que os deputados intermediaram um acordo com o Governo, garantindo que os servidores serão recebidos no mês de agosto para começar a falar sobre as mudanças para a categoria.

Entre as exigências dos servidores está a inclusão dos funcionários de apoio da educação básica no estatuto do grupo da Educação, implantando carreira e tabela salarial própria ao grupo, incluindo a aprovação de uma política salarial para o biênio 2013/2014, e concurso público para novas contratações.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions