A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

25/06/2008 15:56

Governo do Estado divulga nota oficial sobre CPI

Redação

O governador André Puccinelli assina nota oficial divulgada nesta tarde sobre o resultado dos trabalhos da CPI do Sistema Carcerária. Nesta quarta-feira ocorre em Brasília a sessão de votação do relatório que pede o indiciamento de oito autoridades em Mato Grosso do Sul, entre elas, o secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini.

No documento, o governo volta a atacar a adminsitração anterior, como completamente responsável pelo caos carcerário, principalmente na Colônia Penal.

Leia a nota, que tem o título "Repúdio ao oportunismo":

Os problemas graves encontrados pela CPI do Sistema Carcerário em Mato Grosso do Sul, particularmente no que se refere à Colônia Penal, são de inteira e total responsabilidade do governo anterior, que tratou com indiferença e falta de sensibilidade a questão, deixando para a atual administração o triste legado que é de conhecimento de todos e que já está sendo enfrentado pela atual administração.

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, diante disso, repudia e considera oportunistas e demagógicas as propostas de indiciamento de autoridades estaduais, feitas pelo relator da CPI, integrante do mesmo partido ao qual pertenciam os responsáveis pelo problema na administração anterior.

Lamenta que os parlamentares federais só tenham investigado agora o problema, quando as soluções já estão sendo encaminhadas. Uma intervenção firme, alguns anos atrás, poderia ter sido muito mais útil e impedido que o problema chegasse às proporções atuais.

A construção de uma nova Colônia Penal e de mais duas unidades prisionais já conta com área definida e projeto em fase de elaboração. As reformas na atual Colônia Penal estarão concluídas em 30 dias. O governo ampliou investimentos na ampliação e construção de novos presídios em todo o Estado.

Tais medidas tornam injustificável o comportamento do deputado Domingos Dutra (PT-MA), relator da CPI e revelam o caráter demagógico e partidário do seu relatório.

Mato Grosso do Sul apoia as investigações, apóia medidas que visem trazer soluções para os problemas, mas não aceita a inclusão nos indiciamentos de autoridades que lutam e trabalham para superar desafios e dificuldades, pois as soluções dos problemas encontrados já estavam em andamento à época das investigações, e estão praticamente concluídas agora, quando o relatório é trazido à opinião pública.

Presidente Michel Temer deve ter alta na manhã desta sexta-feira
O presidente Michel Temer deverá ter alta hospitalar na manhã desta sexta-feira (15), informou o médico Roberto Kalil Filho, que coordena os cuidados...
Interrogatório de Lula na Operação Zelotes é marcado para fevereiro de 2018
A Justiça Federal em Brasília marcou para o dia 20 de fevereiro de 2018 os interrogatórios do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seu filho ...
Senado aprova desconto de dívidas de produtores rurais e texto segue para sanção
O Senado concluiu a votação, nesta quinta-feira (14), do projeto que permite a renegociação das dívidas de produtores rurais, estabelecendo descontos...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions