A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

23/10/2014 22:18

Grupo cobra transparência e combate à corrupção do candidato do PT ao governo

Ludyney Moura
Advogados entregaram ao PT documento cobrando transparência e combate à corrupção (Foto: Divulgação)Advogados entregaram ao PT documento cobrando transparência e combate à corrupção (Foto: Divulgação)

Grupo cobra transparência e combate à corrupção do candidato do PT ao governoUm documento contendo propostas de compromissos em torno dos temas transparência e combate à corrupção, foi entregue na tarde desta quinta-feira (23) a um representante do senador Delcídio do Amaral (PT), ao Governo do Estado.

Alegando falta de espaço na agenda, Delcídio foi representado pelo deputado federal Antônio Carlos Biffi (PT), um dos coordenadores de campanha do senador.

O documento foi apresentado pelo Movimento de Advogados em Defesa da Cidadania e Transparência, por três lojas maçônicas (Grande Loja, Grande Oriente do Brasil e Grande Oriente do Mato Grosso do Sul), pelo observatório Social de Campo Grande e pelo sindicato dos Auditores do Estado de Mato Grosso do Sul.

Biffi afirmou, durante a entrega, que Delcídio já havia concordado com os termos apresentados e prometeu assinar o documento. Na última segunda-feira (20), o candidato do PSDB a governador, Reinaldo Azambuja, também recebeu e assinou as propostas.

Grupo - O advogado July Heider afirmou que este movimento pela transparência, reúne mais de 100 advogados, além de várias entidades que buscam esta melhoria para sociedade. "A população merece a participação nos atos do governo, Mato Grosso do Sul é o 26° estado com transparência no Brasil, temos que criar medidas para mudar este cenário, que é um anseio de toda sociedade civil".

O advogado André Xavier ressaltou que este compromissos com os candidatos têm como objetivo que o próximo governador deixe disponível através do portal da transparência, informações e dados, em linguagem clara e disponível para população. "Queremos apenas a aplicação da lei".

Propostas - O presidente do Observatório Social de Campo Grande, Hugo de Oliveira, também destacou que além destas propostas, outro compromisso com os candidatos é tornar a Auditoria Geral do Estado autônoma, com "status" de secretaria, assim como acontece na União, com a CGU (Controladoria Geral da União). "Hoje esta pasta está vinculada a Secretaria da Fazenda".

Assinatura - O grupo de advogados e as demais entidades já enviaram o documento para o candidato ao governo, Delcídio do Amaral (PT), e agora aguardam o contato para também realizar um evento para assinatura do candidato petista, tendo assim a anuência e o compromisso dos dois candidatos que chegaram ao segundo turno.

 

Justiça Federal determina que bens de ex-prefeita sejam bloqueados
Cinco pessoas, entre elas a ex-prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura, estão na lista em que a Justiça Federal determina o bloqueio de bens sob acusaç...
Maia diz que retomará votação sobre reforma política na próxima terça-feira
Após dar início à votação da Proposta de Emenda Constitucional da reforma política, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions