A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

16/10/2014 19:04

Ideli Salvatti visita Capital para reforçar campanha de Dilma e Delcídio

Ludyney Moura
Durante agenda pública, ministra Ideli Salvatti recebeu uma carta com reivindicações dos indígenas que vivem na Capital. Ela foi acompanhada pela esposa de Delcídio, Maika Amaral (Foto: Marcelo Calazans) Durante agenda pública, ministra Ideli Salvatti recebeu uma carta com reivindicações dos indígenas que vivem na Capital. Ela foi acompanhada pela esposa de Delcídio, Maika Amaral (Foto: Marcelo Calazans)

Mesmo de férias, a ministra Ideli Salvatti (PT), da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, esteve nesta quinta-feira (16) para fazer campanha para a reeleição da presidente Dilma Roussef e do senador Delcídio do Amaral, ambos do PT.

Ideli, que chefiou a Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República no período de junho de 2011 a março de 2014, chegou na Capital no meio da tarde e foi direto para o comitê de campanha de Delcídio, onde se reuniu com lideranças políticas petistas e de partidos aliados, depois seguiu para aldeia urbana Água Bonita, na região norte da Capital.

“Estou de férias, mas estamos dedicados à campanha. Para nós é muito importante a vinda a Mato Grosso do Sul, temos responsabilidade de alavancar e melhorar a votação da presidente Dilma, e na disputa local se repete o mesmo cenário nacional, é muito importante reforçamos a campanha do nosso senador Delcídio ao Governo do Estado”, declarou a ministra ao Campo Grande News.

A petista, que na gestão do ex-presidente Lula era a líder do governo no Congresso Nacional, apontou os caminhos para a vitória de seus correligionários no 2º turno da disputa.

“Muito debate, muita conversa, ação da militância, tanto para a Dilma quanto para o Delcídio. E principalmente comparar. Aqui em Mato Grosso do Sul temos talvez uma oportunidade muito especial de fazer o debate com a população com a história do gás. É inadmissível que alguém queira ser governador do Estado e abra mão do direito ao ICMS do gás para beneficiar o Estado de São Paulo, que tem um governador de seu partido”, disse Ideli, fazendo referência ao tucano Geraldo Alckmin, governador paulista reeleito, que questiona na justiça a distribuição do imposto que incide sobre o gás natural.

A ministra visitou a aldeia e recebeu reivindicações da comunidade. “Nosso principal pedido é a regularização da área. Porque do jeito que está não podemos construir casas nem escolas”, disse o cacique Nito Nelson, que revelou na comunidade vivem pouco mais de 700 indígenas, de cinco etnias. São ao todo 188 famílias, 60 tem casas e 128 ainda vivem em barracos.

Ideli recebeu as reivindicações e prometeu encaminhá-las ao governador eleito do Estado. “Esta área tem a ver com a minha atuação dentro do Governo, temos uma política com relação às comunidades indígenas de muita parceria com a Funai e outros ministérios, como Saúde e Educação. Uma área de direitos humanos”, frisou.

Ela também lembrou das áreas de conflito em Mato Grosso do Sul, e afirmou que é preciso respeito nas negociações por parte de todos os envolvidos. “Em um país e um Estado tão grande é inadmissível que a gente brigue e não consiga respeitar e dar as oportunidades de reconhecimento dos direitos das comunidades indígenas e também de quem é responsável pela produção”, finalizou Ideli Salvatti, que ainda hoje pretende se encontrar com o ex-prefeito da Capital, Alcides Bernal, que hoje anunciou apoio à candidatura de Delcídio.

Índios cobraram da ministra dos direitos humanos regularização da área onde vivem (Foto: Marcelo Calazans)Índios cobraram da ministra dos direitos humanos regularização da área onde vivem (Foto: Marcelo Calazans)
A petista está de férias de sua atividade institucional, mas engajada na campanha do partido (Foto: Marcelo Calazans)A petista está de férias de sua atividade institucional, mas engajada na campanha do partido (Foto: Marcelo Calazans)
Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions