A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/07/2008 13:26

Juízes eleitorais já indeferiram 12 candidaturas em MS

Redação

Das centenas de ações de impugnação movidas por partidos, coligações e pelo Ministério Público Eleitoral contra registros de candidaturas a prefeito, vice e a vereador em Mato Grosso do Sul, 12 já foram julgadas procedentes pelos juízes eleitorais.

Foram 10 registros de candidatos a vereador impugnados, um a prefeito de Paranhos e um a vice-prefeito de Maracaju, conforme informações do site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Mas o número pode ser bem maior, já que o Tribunal tem mostrado demora ao atualizar o site, pelo menos em relação aos dados dos candidatos.

No site não consta informação, por exemplo, dos registros de nenhum dos candidatos a prefeito e a vereador de cidades como Caracol, Ladário, Laguna Carapã e Cassilândia.

Mato Grosso do Sul teve 5.186 pedidos de registro de candidatura. Dos 10 candidatos a vereador que não estão aptos a concorrer, um é de Maracaju, um de Ponta Porã, um de Ribas do Rio Pardo, um de Selvíria, um de Vicentina, dois de Paranaíba, um de Iguatemi e dois de Aquidauana. Eles ainda poderão recorrer ao TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral).

Sidrolândia - Somente em Sidrolândia existem 41 ações de impugnação, todas movidas pelo Ministério Público. Essas ações ainda serão analisadas pela juíza eleitoral Joseliza Alessandra Vanzela.

Segundo o chefe de cartório, Leandro Santos Neves, a maioria dos pedidos de impugnação são de candidatos que não comprovaram escolaridade. Para concorrer nas eleições é preciso saber ler e escrever.

Neste caso, os candidatos serão notificados para trazer comprovante de escolaridade. Aqueles que não trouxerem serão submetidos a uma prova.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions