A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

27/02/2014 13:47

Julio Cesar não teme intervenção e se diz tranqüilo com observador na OAB

Edivaldo Bitencourt e Leonardo Rocha
Após decisão de Conselho Federal, Julio Cesar diz que está tranquilo (Foto: Cleber Gellio)Após decisão de Conselho Federal, Julio Cesar diz que está tranquilo (Foto: Cleber Gellio)

O presidente da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul), Julio Cesar Rodrigues, afirmou, na manhã de hoje (27) na Governadoria, que não teme a intervenção do Conselho Federal. Ele também está tranqüilo com o envio de um observador para acompanhar de perto a sua gestão.

Logo após participar da reunião dos produtores rurais com o Governo, na qual discutiram o pagamento das indenizações pela reserva Buriti, Julio Cesar falou sobre a decisão de ontem do Conselho Federal da OAB.

A entidade decidiu marcar para o dia 17 de março a definição sobre o pedido de intervenção no comando da entidade em Mato Grosso do Sul. Enquanto não julga o processo, o conselho decidiu enviar um advogado de outro Estado para monitorar os passos de Julio Cesar. O objetivo é garantir que ele cumpra o estatuto da Ordem.

“Estou a disposição do conselho, inclusive para esclarecer todas as dúvidas”, afirmou o dirigente. Ele também não reclamou do envio de um observador ao Estado.

A situação ficou pior na sexta-feira, quando reunião do Conselho da OAB/MS foi interrompida após uma briga entre conselheiros, que contou até com agressões verbas e troca de socos.

A crise começou com a assinatura de contrato entre Julio Cesar e o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP). O chefe do Executivo municipal responde a processos éticos na OAB/MS.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions