ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  16    CAMPO GRANDE 28º

Política

Justiça nega pedido e ex-prefeito fica de fora das eleições deste ano

Alcides Bernal está inelegível pelos próximos cinco anos

Por Jéssica Benitez | 05/08/2022 19:40
Ex-prefeito Alcides Bernal durante convenção do PP na manhã desta sexta-feira (Foto Kisie Anoiã)
Ex-prefeito Alcides Bernal durante convenção do PP na manhã desta sexta-feira (Foto Kisie Anoiã)

O ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), vai ficar de fora dessas eleições. O juiz Alexandre Corrêa Leite negou no final da tarde pedido feito pelo ex-radialista para que seus direitos políticos fossem restabelecidos para disputar uma das oito cadeiras da bancada sul-mato-grossense na Câmara Federal.

Bernal pediu que a decisão fosse analisada com urgência tendo em vista que acaba nesta sexta-feira (5) o prazo para que os partidos realizem convenções partidárias, sendo que a do PP ocorreu pela manhã. Ele, inclusive, esteve no evento mesmo sem saber se conseguiria ou não aval judicial.

O magistrado, no entanto, destacou que o caso não pode ser solucionado “em sede de tutela de urgência, havendo que se formar um juízo mais seguro acerca do tema, eventualmente com o resultado do julgamento em andamento no STF e seus reflexos”, disse referindo-se ao argumento usado no pedido do progressista sobre pauta que ainda será discutida pelo Supremo Tribunal Federal.

Caso – No mês passado Bernal foi condenado a pagar multa de R$ 1 milhão e teve seus direitos políticos cassados por cinco anos. A condenação ocorreu na ação oriunda da Operação Urutau que desmantelou esquema de desvio de verba feito por contratações irregulares feitos pela Prefeitura junto à Seleta Sociedade Caritativa e Humanitária e Omep (Organização Mundial Para Educação Pré-Escolar) em 2016.

Nos siga no Google Notícias