ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  25    CAMPO GRANDE 25º

Política

Lei da Ficha Limpa já barrou 33 candidatos na eleição deste ano em MS

Candidatos podem recorrer da decisão e continuar campanhas até julgamento final

Por Leonardo Rocha | 22/10/2020 13:05
Eleitores durante votação no pleito de 2018, em Campo Grande (Foto: Arquivo)
Eleitores durante votação no pleito de 2018, em Campo Grande (Foto: Arquivo)

A Justiça Eleitoral já rejeitou a candidatura de 33 políticos na eleição deste ano, em Mato Grosso do Sul, em função da “Lei da Ficha Limpa”, que torna inelegíveis aqueles que tiveram mandato cassado ou foram condenados por decisão de órgão colegiado.

Os candidatos que foram “barrados” podem entrar com recurso nas instâncias superiores, inclusive continuando com suas campanhas eleitorais, no entanto caso sejam novamente derrotados na Justiça, seus votos serão considerados inválidos.

Neste grupo aparecem até o momento quatro candidatos a prefeito: Edvaldo Alves de Queiroz (PDT) em Água Clara, Djalma Lucas Furquim (PDT) da cidade de Aparecida do Taboado, Álvaro Urt (DEM) em Bandeirantes, assim como João Donizete Cassuci (PDT) de Angélica. Os três últimos inclusive já entraram com recurso, para reverter a decisão.

Para o cargo de vice-prefeito aparecem mais dois:   Natal Rezende (PSD), da cidade de Paraíso das Águas e Sandra Cardoso (MDB) de Itaquiraí. Ambos também já recorreram da decisão, e assim continuam com suas respectivas campanhas.

A maioria dos “rejeitados” é para o cargo de vereador, sendo até o momento 27 candidatos com registro indeferido (confira a lista abaixo). A Lei da Ficha Limpa foi criada em 2010, justamente para que políticos condenados, não pudessem ser eleitos. Até o momento este critério é responsável por 15% das candidaturas contestadas no Estado.

Lista dos vereadores barrados : 

Wagner Rogério (Podemos) – Água Clara

Paulo Sérgio Pucheta (PSDB) – Caracol

Antônio Benites (PP) – Bela Vista

Jéferson Moreira (Republicanos) – Água Clara

Antônio Corrêa (PSDB) – Novo Horizonte do Sul

Sérgio Henrique (DEM) – Jardim

Ezequiel Victalino (PSOL) – Ribas do Rio Pardo

Antônio Doarte (Patri) – Glória de Dourados

Cléber Paz (PSL) – Rio Verde

Queila Viana (Avante) – Dourados

Erica Júlio (PSDB) – Naviraí

Izamita Leite (MDB) – Alcinópolis

Alfredo Alexandrino (PSDB) – Água Clara

Altamir dos Santos (PSD) – Bodoquena

Adriana Balbino (PT) – Aquidauana

Ueverton da Silva (PSD) – Sidrolândia

João Bartolomeu (PSD) – São Gabriel do Oeste

José Carlos dos Santos (DEM) – Angélica

Enevaldo Alves (PSDB) – Bataguassu

Franciana Aparecida (PSB) – Bandeirantes

Gregório Agoeiro (PP) – Japorã

Garibaldi Alonso (PDT) – Angélica

Gleisson Barros (PT) – Chapadão do Sul

Érico Arantes (PSC) – Aquidauana

Gelson Guimarães (PSB) – Bandeirantes

Mirian de Sena (Patri) – Sete Quedas

Gustavo dos Santos (PP) – Aquidauana

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário