A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

18/03/2016 12:21

Nome sujo impede investimento de R$ 500 milhões na Capital, diz Bernal

Antonio Marques
O prefeito Alcides Bernal disse que depende da retirada do nome município do Cadin para conseguir liberação de quase R$ 500 milhões em investimentos na Capital (Foto: Marcos Ermínio)O prefeito Alcides Bernal disse que depende da retirada do nome município do Cadin para conseguir liberação de quase R$ 500 milhões em investimentos na Capital (Foto: Marcos Ermínio)

O prefeito Alcides Bernal (PP) disse nessa manhã, durante evento no gabinete da Esplanada, que está aguardando o julgamento de recurso no TRF (Tribunal Regional Federal) de São Paulo para retirar o nome do município de Campo Grande do Cadin (Cadastro informativo de créditos não quitados do setor público federal). Só depois disso, vai poder liberar cerca de R$ 500 milhões já disponíveis na Caixa para investimentos na requalificação de vias na Capital.

Bernal disse que esteve em São Paulo nessa quinta-feira, 17, para tratar do assunto NO TRF – 3ª Região. Ele explicou que o nome da Capital está sujo por conta de o município ter deixado de pagar o Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) nas gestões de prefeitos anteriores.

“Em face disso Campo Grande tem o nome na lista de restrição de crédito”, declarou Bernal, que disse ainda estar lutando e pedindo por justiça aos magistrados. Segundo ele, como o município deve para o Governo Federal, como neste caso, a União também tem débito com a Capital. “Nós precisamos ter a oportunidade de firmar contratos com diversos entes, inclusive internacionais”, observou o prefeito.

Bernal lembrou que Campo Grande já demonstrou ter capacidade de endividamento e condições de obter financiamento, mas depende de limpar o nome no Cadin para poder começar a fazer o asfalto e a requalificação das vias da cidade. “São quase R$ 500 milhões que já estão disponíveis na Caixa Econômica Federal, que já fizemos o projeto básico”, revelou.

Segundo o prefeito, está tudo pronto para firmar os contratos, a começar pelo convênio com o Exército para requalificar as avenidas Marechal Deodoro, Bandeirantes, Guia Lopes da Laguna e Rua Brilhante. “É uma questão de tempo e temos informações que o processo deve ser julgado logo após a Semana Santa”, comentou Bernal.

“Estando tudo resolvido já estaremos assinando a ordem de serviço neste convênio com o Exército", afirmou Bernal, acrescentando que também deve ser liberado recursos para conclusão dos Ceinfs (Centro de Educação Infantil) e outros projetos com verba do governo federal.

Em nova audiência, Bernal tenta retirar Capital de lista suja do Cadin
O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), retornou à São Paulo nessa quinta-feira (10) para participar de nova audiência para buscar a retirad...
Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions