A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

22/10/2010 19:17

Padre diz que Índio será cacique e que igreja apoia vida

Redação

Durante ato pró-Serra, realizado nesta noite na Associação Nipo-Brasileira, em Campo Grande, um padre e um pastor discursaram em nome dos eleitores cristãos para ministrar bênçãos. Os discursos aconteceram após o deputado federal Índio da Costa (DEM-RJ), candidato a vice-presidente na chapa de José Serra (PSDB), ter falado.

O padre Paulo Roberto, que representou Dom Vitório Pavanello, disse que a igreja vai apoiar sempre a vida. "Se algum partido for contra a família e a verdade, vamos nos opor".

Roberto ainda frisou que "daqui alguns dias o Índio retornará cacique e quando isso acontecer, que ele se lembre da vida". A afirmação serviu como ataque a posição de Dilma Rousseff (PT) sobre o aborto.

Já o vereador Lídio Lopes (PP), que também é pastor da Igreja Assembléia de Deus, durante sua ministração, alegou que "o país vive o momento da família cristã, o número 45 é do bem". Ele declarou que sua igreja e várias outras se manifestam a favor de José Serra.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions