A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

27/02/2014 17:56

Para provar abandono, Elizeu apresenta cerca de 100 indicações em um dia

Kleber Clajus
Vereador tem por meta apresentar 200 indicações por semana cobrando melhorias na Capital (Foto: Izaias Medeiros/CMCG)Vereador tem por meta apresentar 200 indicações por semana cobrando melhorias na Capital (Foto: Izaias Medeiros/CMCG)

O vereador Elizeu Dionizio (SDD) apresentou, nesta quinta-feira (27), cerca de 100 indicações na Câmara Municipal e atribui o alto número ao abandono promovido pela administração do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP).

“Por onde você anda o descaso com a população e o desrespeito com os impostos pagos pelos cidadãos estão presentes. Buracos se multiplicam, falta sinalização, ruas nessa época de chuva viram um verdadeiro lamaçal, sem esquecer da área da saúde que está um caos. E o que vemos de contrapartida da prefeitura? Nada”, diz Elizeu, via assessoria de imprensa.

Para o parlamentar, o slogan “as pessoas em 1º lugar” não retrata a realidade defendida por Bernal e seus aliados no Legislativo, uma vez que muitos dos serviços públicos tem deixado a desejar.

“Quem são essas pessoas afinal? As pessoas estão sendo colocadas de lado. Prova disso é que pelo 2º ano consecutivo o ano letivo começa e os alunos da Rede Municipal de Ensino não receberam o Kit Escolar. Cadê as mudanças tão pregadas na campanha”, questiona.

Dentre as indicações apresentadas hoje estão limpeza e manutenção de ruas, praças, calçadas e rotatórias, operação tapa-buraco, cascalhamento, patrolamento, troca e instalação de iluminação, entre outros.

O vereador já havia sinalizado, no retorno dos trabalhos legislativos, que seu objetivo é continuar denunciando problemas e irregularidades na prestação dos serviços públicos na Capital. Ele, que foi relator da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Calote, também estabeleceu por meta indicar ao menos 200 melhorias para a cidade por semana.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


"Elizeu Dionizio"... tá aí um sujeito que soube muito bem utilizar a religião em proveito próprio. Aliás, política e religião juntas boa coisa não pode dar.
 
Guaraci Mendes em 28/02/2014 12:50:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions