A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

27/08/2013 22:33

Partido Rede Sustentabilidade de MS consegue parecer e dá passo para registro

Vinícius Squinelo

O Diretório Regional do Partido Rede Sustentabilidade de Mato Grosso do Sul conseguiu parecer favorável da Procuradoria Regional Eleitoral do MPF (Ministério Público Federal), e está próximo de ser oficializado no Estado. A sigla, porém, ainda precisa de registro nacional junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral)

O parecer, assinado pelo procurador eleitoral regional Emerson Kalif Siqueira e datado do dia 22 de agosto, aprova a criação do diretório do partido de Marina Silva em Mato Grosso do Sul, o segundo Estado a conseguir a decisão, atrás apenas do Rio Grande do Sul.

“É um passo a mais que o partido dá aqui no Estado, agora esse parecer vai para o relator no Tribunal Regional Eleitoral, e passará por aprovação. Se aprovado, é emitida uma certidão e enviada para o Tribunal Superior Eleitoral”, relatou Osvaldo Pimenta de Abreu, membro da executiva regional e um dos fundadores do Partido Rede Sustentabilidade.

Registro - A ex-senadora Marina Silva apresentou na segunda-feira (26) ao Tribunal Superior Eleitoral o pedido de criação do Partido Rede Sustentabilidade.

Para o registro, são necessárias 492 mil assinaturas de eleitores, validadas por cartórios eleitorais. Até agora, foram apresentadas pouco mais de 300 mil assinaturas.

A nova legenda tem até o dia 5 de outubro pra tentar garantir a participação nas eleições do ano que vem, e pede que o TSE obrigue cartórios e tribunais regionais eleitorais a acelerar etapas e publicar em edital, sem conferência direta, outras 220 mil assinaturas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions