A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

01/07/2013 11:37

Pedido de empréstimo de 300 milhões pode ser votado só após recesso

Aline dos Santos e Jéssica Benitez
Bernal entrega projeto a Mário César. (Foto: Marcos Ermínio)Bernal entrega projeto a Mário César. (Foto: Marcos Ermínio)

Protocolados hoje pelo prefeito Alcides Bernal (PP), os dois projetos pedindo autorização para empréstimo de R$ 420 milhões podem ter destinos diferentes na Câmara Municipal.

O de menor valor, que prevê R$ 120 milhões para mobilidade urbana, será incluso na pauta de terça-feira. Já o financiamento de R$ 300 milhões para executar o PAC (Projeto de Aceleração do Crescimento) pavimentação asfáltica corre o risco de ser votado após o recesso parlamentar, que começa em 17 de julho.

De acordo com o presidente da Câmara, Mário César (PMDB), as propostas serão distribuídas ainda hoje para a Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final, Comissão de Obras e Serviços Públicos, procuradoria jurídica e para todos os gabinetes.

Com acordo para que tramite em regime de urgência, o presidente afirma que o objetivo será votar os projetos com rapidez. No entanto, caso, não seja possível, primeiro será analisado o de mobilidade, apontado como mais prioritário pelo titular da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz. O secretário acompanhou o prefeito à reunião com os vereadores. A semana já está ocupada por votações da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e sessão comunitária.

Para Mário César, um complicador para análise das propostas foi o silêncio de Bernal sobre a situação financeira do município. Nas palavras do presidente, a explanação sobre os pedidos de empréstimos foi “genérica”.

Os vereadores vão aproveitar a visita do secretário de Planejamento, Finanças e Controle, Wanderley Ben Hur, que vai amanhã à Câmara para acompanhar a votação da LDO, e detalhar a situação dos cofres do município. “Vamos questionar a situação financeira, saber a capacidade de endividamento”, afirma o presidente da Casa de Leis.

Ao término da reunião de uma hora, Bernal saiu satisfeito. “Os vereadores foram receptivos. A relação precisa ser realmente pró-ativa. Quanto mais celeridade melhor”, afirma o prefeito, lembrando a reunião com a presidente Dilma Rousseff (PT) que pediu um pacto pelo país.

À imprensa, Mário César fez questão de esclarecer que os projetos já estavam em andamento na gestão do ex-prefeito Nelsinho Trad (PMDB). “Estive em Brasília com o Edson Giroto e o Nelsinho. Na reunião, a presidente Dilma deu aval aos projetos. Então, esses projetos são de continuidade. Agora, estão se materializando para que ocorram no ano que vem”, salienta o vereador.

O prefeito explicou que o pedido de R$ 120 milhões vai contemplar obras como vias exclusivas para ônibus, sinalização horizontal e vertical, revitalização dos noves terminais do transporte urbano, construção de terminais no Parati, Cafezais, São Francisco e Tiradentes. Outros R$ 59 milhões serão repassados pelo governo federal.

Bernal não detalhou os bairros que receberão asfalto. “Vão ser nas regiões do Prosa, Segredo, Bandeiras, Lagoa e Anhanduí”, diz. Segundo Semy Ferraz, o município vai pedir empréstimo à Caixa Econômica, e o governo federal vai ser o fiador. Dos R$ 300 milhões, 20% vão para recapeamento e 80% para asfalto novo e drenagem.

Bernal vai hoje à Câmara defender urgência de projetos de 420 milhões
Anunciada desde a semana passada, foi confirmada a visita do prefeito Alcides Bernal (PP) à Câmara Municipal de Campo Grande nesta segunda-feira. “Vo...
Bernal deve ir à Câmara em defesa de empréstimo para terminais e asfalto
O líder do prefeito no Legislativo Municipal, Marcos Alex (PT), anunciou há pouco que Alcides Bernal deve ir ainda hoje à Câmara defender a necessida...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...


E o Panorama? Começaram o asfalto e não terminou, este bairro estava na lista passada para os términos da obra !!!!
 
murilo batista em 01/07/2013 18:03:14
Em fim acho que meu bairro, Oliveira 2 será asfaltado, acho que é a última chance que temos, são 20 anos de luta pelos Oliveiras 1, 2 e 3, se acontecer será uma bênção, nos resta aguardar os trabalhos, estamos de "OLHOS ABERTOS" SENHORES...
 
JOSIEL APARECIDO em 01/07/2013 17:01:21
Olha a cara do Mário Cesar....
 
Helton Maximo em 01/07/2013 16:26:20
Olá, olhem a expressão facial do Presidente da CMCG!!!!!!!!!
PASMEM!!!!!!
Ele está bravo com o prefeito Bernal, ele quer tomar os documentos das mãos do perfeito Bernal!!!!
??SERÁ QUE ISTO É 1 INDÍCIO DE QUE ELE QUER DINHEIRO P// COMPRAR VOTOS!!!!!!?

ESTAMOS DE OLEOS ABERTOS, SR. MARIO CESAR!!!

CAMPO GLANDE ACORDOU!!!!!11!!
 
Aquino Mello em 01/07/2013 16:01:51
Se os projetos são os mesmos da gestão passada porque a inércia na analise e votação, vão deixar pra depois por que?
 
jeverson santos em 01/07/2013 15:23:14
Senhor prefeito não esqueça o bairro Taquaral Bosque do asfalto e da erosão que só esta aumentando com estas chuvas.
 
claudio salina em 01/07/2013 15:18:22
o bernal o nosso tijuca ta muito barro
 
ivanildo cavalcante em 01/07/2013 14:40:34
Espero que agora o bairro Santa Luzia seja asfaltado, por que a dificuldade para se transitar lá em dias de chuva é um transtorno para os moradores. Vê se lembra, hein, Mário César?!
 
Juliana Taveira em 01/07/2013 12:19:15
É essa palhaçada que tem que acabar essa casa de leis mais parece um circo), nem começaram a trabalhar e já falam em recesso, um salário fora da realidade brasileira. Fiquem espertos a população esta acordando.
 
Francisco Antonio em 01/07/2013 12:16:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions