A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

16/09/2010 17:30

Pedido de liberdade de Artuzi só será julgado em outubro

Redação

A Seção Criminal do TJ (Tribunal de Justiça) de Mato Grosso do Sul marcou para o dia 19 de outubro a votação do recurso em que a defesa do prefeito afastado de Dourados, Ari Artuzi (sem partido), tenta obter a liberdade. Ele está preso desde primeiro de setembro, acusado de chefiar um esquema de desvio de dinheiro público.

Artuzi está em uma cela da 3ª Delegacia de Polícia Civil em Campo Grande, no bairro Carandá, desde a noite da prisão. Ele foi transferido para Campo Grande por questão de segurança, em razão da revolta gerada pela descoberta das irregularidades.

A esposa dele, Maria Aparecida Freitas Artuzi, também está presa, em Dourados. O pedido de liberdade dela foi rejeitado pela Justiça.

O advogado de Artuzi, Carlos Marques, informou que, caso não obtenha sucesso no pedido de liberdade no TJ, o passo seguinte é acionar o STJ (Superior Tribunal de Justiça).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions