A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Março de 2019

19/02/2019 15:20

Pesquisa aponta que 73% dos deputados são a favor de reforma da Previdência

Segundo o levantamento, 76,5% dos deputados das regiões Norte e Centro-Oeste disseram sim. Outros 23,5% são contra.

Gabriel Neris
Pesquisa ouviu 233 parlamentares sobre a reforma da Previdência (Foto: Câmara dos Deputados/Divulgação)Pesquisa ouviu 233 parlamentares sobre a reforma da Previdência (Foto: Câmara dos Deputados/Divulgação)

A maioria dos deputados federais considera que o Brasil passa pelo melhor momento para colocar em prática a reforma do sistema previdenciário, levando em conta o atual contexto político e econômico. Segundo o Paraná Pesquisas, 73% disseram que são favoráveis a mudança, enquanto 24,6% mostraram serem contra. Somente 2,4% não sabem/não opinaram.

Segundo a pesquisa, 76,5% dos deputados das regiões Norte e Centro-Oeste disseram sim. Outros 23,5% são contra.

A pesquisa ouviu 233 parlamentares pessoalmente ou por telefone entre 11 e 14 de fevereiro. Os deputados também foram questionados sobre a fixação de regras iguais de aposentadoria para homens e mulheres. Manifestaram-se contra esta possibilidade 67,7% dos deputados enquanto 27,6% disseram ser a favor. Outros 4,7% não sabem/não opinaram.

Os deputados foram perguntados sobre a idade mínima de 65 anos para se aposentar. Disseram ser contra 71,4%, enquanto 21,2% foram favoráveis. Não sabem/não opinaram 7,4%.

Sobre a idade mínima estimulada, 35,6% manifestaram ser favoráveis com idade mínima para aposentadoria de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens. Outros 30,1% não são a favor de idade mínima para aposentadoria. Pelo menos 17,8% escolheram a possibilidade de se aposentar com 57 anos para mulheres e 62 anos para os homens. Não sabem/não opinaram eram 16,5%.

Os parlamentares foram questionados ainda sobre a melhor forma para a implantação das novas regras da aposentadoria. A maioria considera que trabalhadores ativos seriam afetados de acordo com o número de anos que falta para a aposentadoria, totalizando 64,8%. Outros 21,3% acreditam que os trabalhadores ativos não sejam afetados pelas novas regras. Quatorze por cento não sabem/não opinaram.

A pesquisa quis saber ainda se os parlamentares são contra ou a favor da inclusão dos militares na reforma da Previdência. Se mostraram favoráveis 83,1%, contra 13,2% e 3,8% não sabem/não opinaram. Sobre a inclusão dos servidores públicos, 89,1% são a favor, 7,5% contra e 3,4% não sabem/não opinaram.

Os deputados foram perguntados também sobre a inclusão de funcionários do Poder Judiciário na reforma da Previdência. A maioria disse ser a favor, representando 91,1%. Apenas 5,5% foram contra e 3,4% não sabem/não opinaram.

O instituto quis saber ainda a opinião dos parlamentares sobre a criação de um sistema único de Previdência, ou seja, que todos os trabalhadores, independente se são do setor público ou privado, militar ou do Poder Judiciário, fossem regidos sob as mesmas regras para se aposentar. Votaram a favor 61,1%, 20,2% disseram ser contra e 18,8% não sabem/não opinaram.

A pesquisa do Paraná Pesquisas foi realizada no Conselho Regional de Estatística sob nº 3122/18.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions