A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

26/10/2014 07:10

Polícia Militar e Força Nacional farão segurança da votação do 2º turno

Ludyney Moura
Comandante da PM garantiu que as tropas garantirão segurança do eleitor hoje (Foto: Marcelo Calazans)Comandante da PM garantiu que as tropas garantirão segurança do eleitor hoje (Foto: Marcelo Calazans)

A Polícia Militar do Estado garantiu que o 2º turno das eleições será tranquilo para o eleitor sul-mato-grossense. De acordo com o comando estadual da corporação, Haverá um acréscimos de cerca de 500 policiais aos três mil que fizeram a segurança dos locais de votação no dia 5 de outubro.

“Tivemos uma reunião com a Justiça eleitoral para definir as ações, tudo dentro de um planejamento que já estava pronto há pelo menos três meses”, revelou o comandante geral da PM no Estado, Valter Godoy Rojas.

Ainda de acordo com o comandante, uma equipe do Bope (Batalhão de Operações Especiais) e da Cavalaria da PM farão a segurança no local de apuração na Capital, e os batalhões de área acompanharão no municípios do interior.

“Além do Bope o batalhão do Choque também estará de prontidão para atender qualquer eventualidade. Teremos uma presença ostensiva e preventiva de no mínimo dois policiais militares em cada um dos 999 locais de votação”, pontua.

Em todo o Estado existem 5.744 seções eleitorais, distribuídas em 999 locais de votação. Deste montante, são 233 zonais eleitorais apenas na Capital.

Interior - “ Além do efetivo na Capital, 300 homens irão reforçar o policiamento nas regiões que fizeram a solicitação prévia, como na faixa de fronteira”, disse o comandante Valter Godoy. 

A Força Nacional de Segurança vai atuar em Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande e na fronteira com o Paraguai. O próprio Ministério da Justiça autorizou a presença das tropas. A liberação levou em consideração a manifestação expressa do governo de Mato Grosso do Sul.

O propósito é atuar nas ações de preservação da ordem pública, incolumidade das pessoas e do patrimônio nos locais de votação das 19ª e 52ª Zonas Eleitorais de Ponta Porã. As duas correspondem a 58.263 eleitores.

A operação terá o apoio logístico e a supervisão dos órgãos de segurança pública do Estado. No 1º, os juízes e promotores eleitorais pediram apoio do Exército.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions