A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

05/06/2013 18:15

Presidente da CPI diz que Conselho Curador do HC era manipulado e apadrinhado

Leonardo Rocha e Jéssica Benitez
Carlos Coimbra diz que antigo conselho era manipulado por diretores do hospital (Foto: João Arrigó)
Carlos Coimbra diz que antigo conselho era manipulado por diretores do hospital (Foto: João Arrigó)

O presidente da CPI da Câmara, o vereador Flávio César (PT do B) afirmou ao final da oitiva com o Conselho Curador do HC (Hospital do Câncer) que a antiga direção do conselho, era manipulada e “apadrinhada” pelos diretores do hospital, já que a maioria era composta por parentes e pessoas ligadas aos prestadores de serviço do HC.

O vereador chegou a esta conclusão após ouvir o depoimento do atual presidente do conselho, Carlos Coimbra, que revelou esta situação durante esta tarde na CPI. “Nós tivemos informações importantes que apontam uma manipulação dos diretores do hospital em relação aos membros do antigo conselho curador, isto coloca esta entidade sob suspeita”, ressaltou Flávio.

O presidente da CPI ressaltou que este “apadrinhamento” inibia o antigo conselho em fazer uma fiscalização séria e efetiva, no entanto ponderou que todas as informações colhidas na oitiva serão averiguadas pela comissão. “Vamos convocar membros do conselho curador passado para prestar explicações, até para que possam se defender das acusações”, declarou ele.

O atual presidente do conselho, Carlos Coimbra, revelou que no passado o HC não fornecia prestação de contas e que as auditorias solicitadas nunca eram repassadas. “Só ficamos sabendo das principais irregularidades pela imprensa, não tínhamos acesso aos documentos”, garantiu.

Coimbra explicou que só assumiu a direção do conselho em 2012, no entanto faz parte como integrante desde 2001. Após diversos pedidos de informações negadas, ele resolveu em 2011 fazer uma denúncia ao MPE (Ministério Público Estadual). “Não houve omissão da direção atual, fizemos o que estava ao nosso alcance”, explicou. Ele ainda aponta que desde agosto de 2012, o HC parou de repassar pacientes para a NeoRad. “Ele fez carreira solo, levando informações sobre o HC para o MPE”, defendeu Flávio César.

Próximos passos – No dia 17 de junho, a partir das 9h, os vereadores irão realizar oitiva com o conselho gestor do HU (Hospital Universitário), além de ouvir a responsável pelo tratamento de radioterapia do hospital. No mesmo dia, por volta das 15h, a comissão pretende ouvir a reitora da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Célia Maria Silva Correa Oliveira.

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions